Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.530,39
    +565,59 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

PayPal distribui cupom de R$ 50, mas toma valor de volta; entenda

·3 min de leitura

Nesta quinta-feira (16), a internet foi à loucura com o cupom de R$ 50 distribuído pelo PayPal — era só clicar num link com uma conta ativa e pronto, o desconto seria aplicado em qualquer compra com valor total a partir de R$ 51. A festa, porém, durou poucas horas, já que no mesmo dia usuários relataram que o valor promocional foi retirado das carteiras digitais sem qualquer aviso ou rastro.

Ou seja, quem aproveitou aproveitou, mas quem não usou o cupom não usará mais. A retirada do valor promocional pegou muita gente de surpresa, já que quando o voucher era resgatado o usuário era informado de que poderia utilizá-lo a qualquer momento até o dia 31 de dezembro.

Desconto se aplicava para qualquer compra feita com PayPal (Imagem: Reprodução/PayPal)
Desconto se aplicava para qualquer compra feita com PayPal (Imagem: Reprodução/PayPal)

Quem consegue acessar o link da distribuição de R$ 50 do PayPal não consegue mais ver o botão “Salvar oferta” — no lugar, a plataforma informa que “esta oferta não está mais disponível”. Quem resgatou anteriormente e não comprou nada com o desconto não deve encontrar nem resquício do valor na carteira.

Está tudo conforme as regras

Embora pareça que o PayPal tenha puxado o tapete de todo mundo sem autorização, tudo está de acordo com os Termos e Condições da promoção. Lá, a plataforma explica que a promoção poderia ser alterada a qualquer momento e sem aviso prévio — o que, de fato, aconteceu. Quem leu o documento não ficou surpreso ao se deparar com a notícia.

As regras deixam claro que o voucher pode ser usado até 31 de dezembro, que o titular da conta PayPal teria acesso ao recurso e que cada pessoa só poderia receber o benefício uma única vez — ou seja, numa conta só. Ao final, porém, fica claro que o PayPal seguiu as próprias regras.

“O PayPal reserva-se o direito de retirar a oferta e/ou alterar qualquer parte da oferta ou os Termos de Condições da oferta a qualquer momento, sem aviso prévio”, explica a plataforma. “As decisões do PayPal sobre todos os assuntos relacionados à oferta e estes Termos e Condições serão finais e vinculativas”, complementa.

Por que o cupom do PayPal sumiu?

Não se sabe exatamente o que fez o PayPal retirar o voucher de circulação, inclusive para quem já tinha resgatado o valor. Suspeita-se que o movimento tenha acontecido devido à violação generalizada dos Termos e Condições, em que usuários mal-intencionados estavam resgatando o valor em múltiplas contas.

Então, para conter os danos, a plataforma teria retirado do ar a oferta inteira — tanto de quem resgatou (o que inclui quem violou as regras) quanto de quem ainda não tinha resgatado. Contudo, ainda não existe nenhuma confirmação de que essa foi realmente a causa da suspensão da promoção.

Voltou a valer (ou quase)

Na manha desta sexta (17), porém, a promoção voltou a ficar disponível, mas não para todo mundo. Em um novo link promocional, alguns usuários conseguiram resgatar um novo voucher de R$ 50, enquanto boa parte ficou de fora.

O que diz o Paypal

Ao Canaltech, o PayPal confirmou que a campanha foi, sim, cancelada e esclareceu o motivo. "O PayPal encontrou uma falha na referida campanha de cupons que afetou alguns clientes ontem (16) e está investigando a questão. Esta campanha está disponível apenas para clientes elegíveis que receberam a comunicação por e-mail", disse o comunicado da companhia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos