Mercado fechará em 5 h 28 min
  • BOVESPA

    106.302,42
    -71,45 (-0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.973,27
    +228,35 (+0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,31
    +1,49 (+1,78%)
     
  • OURO

    1.806,30
    -10,20 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    41.538,39
    -1.110,93 (-2,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    992,57
    -33,16 (-3,23%)
     
  • S&P500

    4.662,85
    +3,82 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    35.911,81
    -201,79 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.570,51
    -40,72 (-0,54%)
     
  • HANG SENG

    24.112,78
    -105,25 (-0,43%)
     
  • NIKKEI

    28.257,25
    -76,27 (-0,27%)
     
  • NASDAQ

    15.344,00
    -251,75 (-1,61%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2844
    -0,0094 (-0,15%)
     

Compras a prazo aumentaram 400% na Black Friday dos EUA, diz PayPal

·2 min de leitura
San Jose, USA - October 15, 2015: PayPal headquarters located at 2221 N. First Street San Jose, CA  PayPal is an United States company operating a worldwide online payment system.
Plataforma "compre agora, pague depois" do PayPal aumenta em cinco vezes na Black Friday.
  • Plataforma "compre agora, pague depois" do PayPal aumenta em cinco vezes na Black Friday;

  • Pagamentos a prazo não são comuns no mercado norte-americano;

  • "Crediário digital" tem atraído atenção de reguladores norte-americanos;

Os volumes da plataforma "compre agora, pague depois" do PayPal foram cinco vezes maiores nesta Black Friday em comparação com o ano anterior, com compras de pagamentos a prazo, em um momento que a gigante dos pagamentos começa a ganhar força no mercado de crédito com uma espécie de "crediário digital", de acordo o presidente-executivo da empresa na conferência Reuters Next, organizada pela agência.

Leia também:

O PayPal lançou sua plataforma "Buy in 4" em agosto do ano passado, fazendo sua entrada no nicho de crédito cada vez mais competitiva, com a ferramenta de pagamentos a prazo, categoria não muito presente no mercado norte-americano, além do modelo inovador no país de crediário digital. "Vimos um aumento anual de 400% em nossos volumes de 'compre agora, pague depois' na última Black Friday", disse Dan Schulman, CEO do PayPal. "Está crescendo agora." Ele acrescentou à Reuters que mais de 9 milhões de pessoas já utilizaram seu serviço.

"Crediário digital" tem atraído atenção de reguladores norte-americanos

Os serviços Compre agora, pague depois (BNPL) explodiram em popularidade junto com a aceleração dos volumes de comércio eletrônico durante a pandemia. Conhecido no mercado também como "crediário digital", eles têm atraído a atenção dos reguladores norte-americanos sobre as preocupações de que isso levará a um maior endividamento, especialmente entre os consumidores mais jovens.

Em setembro, uma pesquisa disse que um terço dos consumidores americanos que usavam serviços do tipo "compre agora, pague depois" se endividavam em um ou mais pagamentos. Schulman disse que a escala da base de clientes do PayPal significa que eles podem oferecer o serviço com responsabilidade, e ressaltou que na empresa se tem "um dos maiores índices de aprovação e um dos menores índices de inadimplência do setor", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos