Mercado fechado

Ninguém é inovador por decreto, diz presidente da Gol

A inovação nos negócios é consequência de uma estrutura e de uma cultura interna da empresa que a valorize. É o que diz Paulo Kakinoff, presidente da companhia aérea Gol, no primeiro episódio de Líderes, nova produção original do Yahoo! Finanças.

PODCAST LÍDERES: OUÇA A CONVERSA COMPLETA AGORA!

“A cultura de inovação acaba surgindo pela combinação circunstancial de uma cultura de eficiência, de busca por excelência, de questionar a empresa todos os dias”, afirma Kakinoff. “Isso gera a ambiência propícia para a inovação.”

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

O executivo diz que, na Gol, o processo inovador e criativo nasce do constante questionamento dos processos da empresa, buscando insights em outros cantos do mercado, até mesmo em outros segmentos.

“Eu não conheço ninguém que foi inovador por decreto", diz Kakinoff.

Leia também

Líderes

O programa Líderes é apresentado por Luciana Pioto. A jornalista e atriz foi repórter de vídeos do UOL e também apresentou a previsão do tempo dos dois jornais estaduais da RICTV | Record TV Paraná. Ela também tem um canal no Youtube que, através do protagonismo negro, busca promover a igualdade racial e a empatia.

O primeiro episódio traz Paulo Kakinoff, presidente da Gol desde 2012, e Paulo Caffarelli, CEO da Cielo desde 2018. Ambas as empresas são conhecidas por ter processos operacionais muito coesos e funcionais, então dividiram um pouco do que aprenderam —e como isso acaba refletido nos preços ao consumidor final.

Antes de assumir a Cielo, Paulo Caffarelli teve uma trajetória de sucesso no Banco do Brasil, onde ficou durante 19 anos e chegou à presidência da instituição. Ele é considerado responsável por "revolucionar” a estatal, incluindo-a em processos do mundo digital.

A trajetória de Paulo Kakinoff também é exemplar. Ele ingressou na Volkswagen em 1996, como representante de assistência técnica. Aos 30, já era diretor na montadora, onde escalou cargos até atingir a diretoria executiva para América do Sul. Depois, foi presidente da Audi no país entre 2009 e 2012, quando assumiu a cadeira da companhia aérea.

O áudio do papo na íntegra será disponibilizado semanalmente nas principais plataformas de podcast, enquanto a versão compacta em vídeo estará no site do Yahoo!, Youtube e também nas redes sociais.