Mercado abrirá em 8 h 17 min

Paulo Guedes é condenado por comparar servidores a ‘parasitas’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)
O ministro da Economia, Paulo Guedes. (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)

O ministro brasileiro da Economia, Paulo Guedes, foi condenado a pagar R$ 50 mil ao Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (Sindopol-BA) por comparar servidores públicos a “parasitas”. A Advocacia-Geral da União afirmou que vai recorrer.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A decisão foi anunciada pela juíza da 4ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária da Bahia (SJBA), Claudia da Costa Tourinho Scarpa. As informações são do portal G1.

Leia também

Segundo o Sindipol, se a decisão final for favorável ao sindicato e o ministro pagar a quantia de R$ 50 mil, o dinheiro será doado a hospitais de Salvador que combatem a COVID-19.

Guedes foi criticado por comparar, após uma palestra em fevereiro deste ano, servidores públicos a “parasitas”. Ele criticava os reajustes anuais dos servidores: "O hospedeiro está morrendo, o cara virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”, disse.

Em nota, o ministério afirmou depois que a fala de Guedes ilustrava a importância de mudanças no sistema para “corrigir distorções”.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube