Paulistano deverá comprar presente mais barato no Natal

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) mostrou que 84% dos paulistanos pretendem presentear alguém neste Natal, na comparação com 70% no ano passado. No entanto, o valor médio de cada item a ser comprado diminuiu de R$ 55 para R$ 43.

Segundo a entidade, apesar da perspectiva de queda do valor médio, o número de presentes se mantém (4) e a proporção de compradores aumentou, o que deve levar a um gasto total esperado muito semelhante ao de 2011. A FecomercioSP também fez a ressalva de que é comum os consumidores darem respostas conservadoras sobre o número de presentes que pretendem comprar e acabarem cedendo às "pressões" natalinas e ao clima de fim de ano.

Os itens mais citados de possíveis presentes, de acordo com o levantamento, são acessórios, calçados e vestuário, com 55,4% da preferência. O crescimento mais expressivo foi do item telefone celular, que passou de 3% das intenções em 2011 para 7% este ano. A pesquisa revelou ainda que 78% dos paulistanos impõem limites de valor bastante claros na hora da escolha dos presentes.

A sondagem, feita com 1.116 consumidores da capital paulista entre os dias 10 a 13 deste mês, mostrou que a preferência do modo de pagamento é à vista. "Isso corresponde muito mais a uma resposta racional do consumidor no momento da abordagem dos entrevistadores do que realmente reflete sua escolha no momento da compra", avaliou a FecomercioSP, em nota distribuída à imprensa. A empresa informou que pesquisas anteriores mostraram que ao menos 50% do total de gastos de Natal são feitos de forma parcelada.

Carregando...