Paulistano começa ano mais endividado, diz FecomercioSP

As famílias paulistanas começaram o ano de 2013 com mais dívidas do que estavam no mesmo período de 2012. De acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), 48,8% das famílias da capital paulista afirmaram estar endividadas em janeiro. Esse número é 6,4 pontos porcentuais superior ao registrado no mesmo período de 2012 e 2,6 pontos porcentuais acima do número de dezembro.

Em números absolutos, o total de famílias endividadas aumentou de 1,659 milhão em dezembro para 1,751 milhão em janeiro, sendo que no mesmo mês de 2012 esse número era de 1,521 milhão. Já o total de famílias com contas em atraso apresentou queda de 0,5 ponto porcentual em relação ao mês passado, fechando o mês em 15,3%. No comparativo com janeiro do ano passado, o indicador apresentou alta de 4,9 pontos porcentuais.

O cartão de crédito continua sendo o principal tipo de dívida das famílias paulistanas, representando 68,2% do total de endividamento. Na sequência aparecem carnês (17,2%), financiamento de carro (12,3%), crédito pessoal (8,6%), cheque especial (6,8%), financiamento de casa (5,6%) e outros (6,8%).

De acordo com a assessoria técnica da FecomercioSP, o alto nível de utilização do cartão de crédito se deve, principalmente, à expansão do consumo nas classes C, D e E, da qual 73% contraíram dívida com o produto.

Carregando...