Mercado fechado
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,45 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,09 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,22
    -0,28 (-0,42%)
     
  • OURO

    1.782,10
    +21,40 (+1,22%)
     
  • BTC-USD

    49.218,22
    +3.339,27 (+7,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,14
    -74,62 (-5,18%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,71 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.122,32
    -6,89 (-0,10%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.687,50
    -301,00 (-1,88%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3953
    +0,0151 (+0,24%)
     

Patrocinador cobra o Flamengo que atletas joguem de meias levantadas e não tem resposta: 'Todos somem'

·2 min de leitura

O CEO da empresa MOSS, Luis Felipe Adaime, tem se queixado com o Flamengo que a marca com a qual o clube assinou acordo de patrocínio em março não é exibida de forma adequada no meião dos atletas.

Segundo o executivo, o clube foi procurado para que o problema fosse sanado, mas não houve retorno. Luis Felipe tem exposto o problema em seu perfil no Twitter, e interagido com torcedores.

Ele questionou inclusive outros patrocinadores pela pouca transparência e dirigentes do Flamengo pela falta de um posicionamento claro.

"Eu to sempre aqui respondendo a torcida. Onde estao @abcdaconstrucao @havanoficial @MercadoLivre @TIMBrasil @sportsbetiobr ? Isso q te digo. Kd @BapLuizEduardo @marcosbrazrio ? Marketing? Todos somem. Eh isso. Tentei", postou na noite desta terça-feira.

O Conselho de Administração do Flamengo aprovou o patrocínio da Moss em abril. A empresa é do ramo de criptomoedas de créditos de carbono. O acordo vai render cerca de R$ 3,6 milhões ao clube e tem validade até o fim de 2021. Nos últimos dias, o executivo apontou o atacante Vitinho como o jogador que atua de meiões abaixados, sem exibir a marca. Segundo Adaime, o contrato prevê a visibilidade.

"Galera, não tem perseguicao a ninguem. A campanha eh valida pra todos jogadores. se TODOS jogadores jogarem de meia levantada, mostrando o logo da Moss, conforme o contrato pelo qual pagamos MILHOES A VISTA em marco, sortearei 5 mantos. se jogarem de meias baixas, nao tem sorteio", postou pela manhã, em último apelo.

"falei com Deus, papa, Jesus, e nada. agora vamos de torcida", completou, após tentar o engajamento dos rubro-negros e ser criticado por parte deles.

Questionado se não deveria haver um modelo mais curto de meião, o CEO rebateu um torcedor:

"Ou a galera tomar vergonha na cara, ser profissional, e por o meiao direito", postou.

"Se jogador quiser jogar de meia baixa, e o @Flamengo nao fizer nada, decisao do clube: provavelmente depreciarao um ativo do clube, o espaco na meia. Uma pena", acrescentou.

A última mensagem veio após Adaime ser perguntado se iria para a final da Libertadores e levaria convidados por ser patrocinador do Flamengo.

"Se vou levar alguem??? Nao consigo nem que o clube peça ou obrigue que os atletas cumpram contrato de levantar as meias! Vou eu mesmo, de socio torcedor, com meu convidado Ronaldo ganhador do sorteio, e churrascao em punta pra torcida e raça. E deu. Chega. FlaTT insuportavel".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos