Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.988,70
    +1.993,77 (+4,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Patrick de Paula nega ter ido para festa clandestina e repudia atitude da torcida

·2 minuto de leitura


Após ser flagrado saindo de um evento e, por isso, ser afastado pelo Palmeiras, o volante Patrick de Paula divulgou a sua versão do ocorrido. No vídeo, gravado pelos empresários do atleta, o jogador diz que estava num restaurante e que saiu mais tarde do que gostaria para evitar aglomerações.

Patrick de Paula flagrado após show: veja casos de atletas que aprontaram durante a pandemia

- Vim aqui me posicionar sobre o ocorrido que aconteceu ontem. Falaram muitas coisas, que eu estava em balada clandestina na madrugada. Eu não estava em balada clandestina, estava em um restaurante com a minha namorada e com amigos. Na hora de ir embora, fui pagar, o caixa estava muito cheio e preferi voltar para não ficar em aglomeração. Eu estava no protocolo, com máscara e usando álcool em gel, fazendo tudo certo.

Além disso, o atleta repudiou a atitude da Mancha Alviverde, que o abordou de maneira violenta na saída do local.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão

- Esperei um pouco para esvaziar e eu poder sair. Quando eu saí lá fora tinha um grupo de pessoas que falou bastante coisa, que podia machucar familiares ou outras pessoas. Agradeço desde já aos seguranças puderam me dar todo apoio para eu sair dessa. Queria mandar um recado para todos que estavam lá. Não é assim que se resolvem as coisas. Não é na violência, eu sou muito contra a violência. Quero deixar bem claro que tudo se resolve na conversa.

Com o ocorrido, Patrick de Paula foi afastado do Palmeiras e multado em 40% de seu salário.

O caso não é o único nesta semana de um jogador do Palmeiras quebrando protocolo durante a pandemia da Covid-19. O meia Lucas Lima foi flagrado, no última dia 18, saindo de um restaurante e também foi multado e afastado por tempo indeterminado pelo departamento de futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos