Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,04
    -1,63 (-2,60%)
     
  • OURO

    1.794,80
    +16,40 (+0,92%)
     
  • BTC-USD

    55.020,37
    -1.488,78 (-2,63%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.268,00
    +5,04 (+0,40%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.893,75
    +99,50 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7022
    -0,0003 (-0,00%)
     

Partidos dos EUA divergem sobre políticas para futuras pandemias

Alexander Ruoff e Jeannie Baumann
·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- As diferenças sobre como se preparar para futuras pandemias ameaçam projetos de parlamentares dos Estados Unidos para corrigir falhas no sistema de saúde do país, que prejudicaram a resposta à pandemia de Covid-19.

A primeira parte do plano de infraestrutura do presidente dos EUA, Joe Biden, forneceria US$ 30 bilhões em quatro anos para criar empregos, melhorando a segurança do país contra ameaças à saúde. A proposta inclui aumentar a disponibilidade de medidas públicas de saúde e descobrir maneiras mais rápidas de desenvolver vacinas, testes e terapias.

Mais de 550 mil americanos morreram de Covid-19 e milhões perderam empregos em meio a uma resposta da política de saúde que se limitou a medidas graduais, como lidar com problemas de suprimentos de testes e receita hospitalar.

Para se proteger contra um desastre futuro, são necessárias grandes mudanças nas políticas e gastos de longo prazo, dizem líderes de saúde pública e da indústria, como os diretores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças sob governos democratas e republicanos.

“Estamos subfinanciados, sem pessoal, mal coordenados e não equipados para os preços modernos”, disse Tom Frieden, ex-líder do CDC, em depoimento a parlamentares em março.

Uma legislação bipartidária é necessária para financiar a vigilância e resposta às doenças, dizem parlamentares. Líderes democratas pressionam por bilhões de dólares para modernizar hospitais e sistemas de dados como parte do enorme pacote de infraestrutura que desejam aprovar nas próximas semanas.

Patty Murray, democrata de Washington e presidente do Comitê de Saúde, Educação, Trabalho e Pensões do Senado, tem trabalhado com sua contraparte no painel, Richard Burr, republicano da Carolina do Norte, sobre a legislação de preparação para pandemia.

Visões divergentes

Murray é conhecida por fechar acordos bipartidários, e Burr escreveu a lei de preparação para pandemia mais recentemente promulgada.

Murray também lidera o painel de verbas responsável pelo financiamento da saúde, e Burr está se aposentando, um período em que senadores normalmente tentam aprovar uma legislação que defina um legado.

Mas suas visões sobre o assunto são divergentes.

Murray pressionou para aumentar o financiamento da saúde pública em US$ 4,5 bilhões por ano e pediu a revitalização dos departamentos de saúde locais e estaduais.

Burr mostra mais cautela, pedindo para atualizar a lei atual que descreve a resposta do país à pandemia com base nas lições da Covid-19.

“O novo coronavírus nos mostrou mais uma vez que não podemos antecipar totalmente as maneiras pelas quais uma ameaça afetará diferentes comunidades em todo o país”, disse durante audiência em 25 de março.

Murray espera elaborar um projeto de lei bipartidário sobre as lições aprendidas com a Covid-19, trabalhando com Burr e outros membros do comitê HELP. Isso pode levar alguns meses, pois o painel realiza audiências e interage com especialistas e partes interessadas, sugeriu.

“Teremos pontos de vista diferentes neste comitê sobre o que isso significa, mas também sei que compartilhamos um objetivo comum - manter nossas famílias e comunidades protegidas de futuras pandemias e ameaças à saúde pública”, disse Murray em audiência de 18 de março.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.