Mercado fechará em 6 h 42 min

Partido do primeiro-ministro japonês escolherá sucessor em 14 de setembro

CHARLY TRIBALLEAU
·1 minuto de leitura
O porta-voz do governo, Yoshihide Suga, é apontado como o favorito na disputa pelo cargo de primeiro-ministro
O porta-voz do governo, Yoshihide Suga, é apontado como o favorito na disputa pelo cargo de primeiro-ministro

A eleição no Partido Liberal Democrata (PLD) japonês para substituir seu líder e primeiro-ministro Shinzo Abe, que anunciou a renúncia por motivos de saúde, acontecerá em 14 de setembro, anunciou a imprensa nipônica.

A eleição decidirá de fato o próximo primeiro-ministro: embora o Parlamento precise organizar uma votação alguns dias depois, esta será apenas uma formalidade porque o PLD e seu aliado, o partido Komeito, controlam as duas câmaras da Assembleia.

O PLD deve oficializar a data da votação nas próximas horas.

O partido já definiu o formato da eleição interna, que será um procedimento reduzido e acelerado que implicará apenas os parlamentares e delegados regionais do PLD, ou seja, 535 eleitores no total.

Em tempos normais, uma eleição interna deste tipo incluiria todos os filiados do partido no país.

As candidaturas devem ser apresentadas até 8 de setembro, segundo a imprensa local.

O atual secretário-geral e porta-voz do governo de Abe, Yoshihide Suga, de 71 anos, é considerado o favorito.

Outro aspirante seria o ex-ministro da Defesa Shigeru Ishiba, de 63 anos. Ele é muito popular nas bases do partido, mas seria prejudicado pelo formato reduzido de votação.

Um terceiro candidato provável é o diretor de estratégia política do PLD, Fumio Kishida, 63 anos, um ex-ministro das Relações Exteriores com perfil discreto.

No poder desde o fim de 2012, Abe, 65 anos, anunciou a renúncia na sexta-feira devido a uma doença intestinal crônica, uma colite ulcerosa.

A doença foi uma das razões que provocaram a renúncia de Abe do cargo de chefe de Governo em 2007, apenas um ano depois de assumir o cargo.

bur-sah-etb/mac/pz/mar/fp