Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.586,66
    +240,09 (+0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Parlamento Europeu reforça apoio à suspensão de patentes de vacinas anticovid

·2 minuto de leitura
(Arquivo) Funcionários da saúde preparam seringa para a vacina da AstraZeneca contra a covid-19

O Parlamento Europeu reiterou, nesta quinta-feira (10), seu apoio a uma suspensão temporária das patentes que protegem as vacinas contra a covid-19, em um voto que marca uma clara distância entre a Comissão Europeia e vários países-membros.

A resolução de apoio à suspensão temporária das patentes foi aprovada por 355 votos a favor e 263 contra, além de 71 legisladores que se abstiveram.

A resolução propõe o início das negociações para uma isenção temporária do Acordo sobre os ADPIC no âmbito da OMC sobre patentes "para melhorar o acesso mundial a produtos médicos acessíveis relacionados à covid-19".

O gesto evidencia a distância que separa o Parlamento da Comissão Europeia e varios países do bloco, que se opõem a um levantamento das patentese e, em vez disso, pedem a eliminação das restrições às exportações de vacinas e insumos.

Em 20 de maio, ao discutir uma resolução sobre questões sanitárias, legisladores europeus incluíram de última hora uma emenda que defendia que essas patentes sejam suspensas temporariamente em meio à pandemia de coronavírus.

Em resposta, na sexta-feira passada a Comissão Europeia reiterou sua oposição à ideia de suspender patentes.

Os líderes máximos da UE realizarão uma cúpula na próxima semana em Bruxelas com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

O governo de Biden surpreendeu o mundo ao anunciar seu apoio a um levantamento das patentes, mas a UE respondeu que sua gestão também bloqueia a exportação de vacinas e insumos, e isso impede o aumento da produção de vacinas.

Por isso, a UE sugere que a OMC negocie um acordo multilateral que elimine as restrições à exportação de vacinas.

No Parlamento, a votação também revelou a profunda divisão que o assunto gera entre os grupos políticos.

A maior bancada do legislativo europeu, o Partido Popular Europeu, votou contra esta proposta, que recebeu o apoio generalizado dos grupos socialistas e ambientalistas.

O legislador conservador francês François-Xavier Bellamy disse à AFP que a proposta de suspender as patentes era uma "falsa boa ideia".

Por outro lado, o grupo dos Socialistas e Democratas do Parlamento apontou que "levantar as patentes das vacinas é tão economicamente lucrativo como moralmente justo".

maj-ahg/zm/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos