Mercado abrirá em 7 h 37 min
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,37
    +0,36 (+0,44%)
     
  • OURO

    1.923,60
    -6,40 (-0,33%)
     
  • BTC-USD

    22.819,72
    -342,94 (-1,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    516,91
    -10,27 (-1,95%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.555,27
    -11,51 (-0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.365,86
    +3,11 (+0,01%)
     
  • NASDAQ

    12.032,25
    -74,50 (-0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5106
    -0,0091 (-0,16%)
     

Parece que o rover Zhurong não "despertou" após hibernar em Marte

O rover Zhurong, da China, parece estar com problemas em Marte. O veículo estava hibernando na superfície do planeta e deveria ter “despertado” em dezembro, mas as equipes em solo não conseguiram retomar o contato. Além disso, os cientistas estão com dificuldades para conseguir os dados do orbitador chinês Tianwen-1, que tentaria se comunicar com o rover.

  1. Conheça o passado, o presente e o futuro do programa espacial chinês

  2. Como uma tempestade de areia acaba com uma sonda em Marte?

Em maio de 2021, o rover Zhurong pousou no Planeta Vermelho, enquanto seu "parceiro de missão" Tianwen-1 seguiu orbitando Marte. O veículo deveria “sobreviver” por apenas três meses no planeta, mas seguiu em atividade por um ano e precisou entrar em hibernação em maio do ano passado, para resistir ao inverno e às tempestades de areia.

O rover Zhurong parece não ter retomado suas atividades após "hibernar" durante o inverno marciano(Imagem: Reprodução/CNSA)
O rover Zhurong parece não ter retomado suas atividades após "hibernar" durante o inverno marciano(Imagem: Reprodução/CNSA)

Segundo fontes familiares com o programa espacial da China, o veículo já deveria ter retomado suas atividades. Os cientistas ainda não sabem exatamente o que pode ter acontecido, mas o provável é que as tempestades de areia tenham afetado a produção de energia dos painéis solares do rover.

Ainda não houve comentários oficiais sobre a situação do rover Zhurong, mas, no início do ano passado, o orbitador Tianwen-1 identificou tempestades próximas da área na qual o veículo pousou. Para completar, a radiação solar diminuiu durante o inverno marciano, o que contribuiu para afetar a energia disponível para as operações do rover.

As autoridades do país planejavam usar o orbitador para fotografar o rover e tentar contato, mas estão com dificuldades para fazer o download dos dados mais recentes. Enquanto isso, usuários amadores de rádio notaram alguns problemas quando estações de solo tentaram estabelecer contato com o Tianwen-1.

De qualquer forma, a China destaca que o rover Zhurong conseguiu completar todas as tarefas de sua missão. Isto vale também para o Tianwen-1, cuja missão foi declarada um sucesso pela Administração Nacional Espacial da China em junho de 2021. Em alguns anos, o país planeja lançar a missão Tianwen-2 para coletar amostras do asteroide 2016 HO3, uma rocha espacial com diâmetro estimado de até 100 metros.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: