Mercado fechado

Pardal: saiba como usar o aplicativo de denúncia de propaganda eleitoral irregular

Pardal: saiba como usar o aplicativo de denúncia de propaganda eleitoral irregular
Pardal: saiba como usar o aplicativo de denúncia de propaganda eleitoral irregular

Dia 2 de outubro os brasileiros têm um compromisso inadiável: eleger os novos representantes do país a partir de 2023. Nesta eleição, votaremos em presidente, governador, deputados (estaduais, distritais e federais) e em senadores. A campanha está aquecida, e, como de costume, alguns dos candidatos acabam ferindo a legislação eleitoral em suas propagandas.

O TSE, preocupado com a lisura do processo eleitoral, criou um aplicativo para a população poder denunciar qualquer propaganda eleitoral irregular que encontrar. Ele se chama Pardal e está disponível tanto para iPhone quanto para dispositivos Android.

Leia mais:

Confira abaixo como fazer para usá-lo, caso você encontre alguma campanha irregular na sua região:

Como usar o Pardal para denunciar propaganda eleitoral irregular

O uso do aplicativo é bastante simples. Em primeiro lugar, é preciso instalá-lo em seu dispositivo – clique aqui para acessá-lo na loja do Android, ou aqui para encontrá-lo na loja do iPhone. Com ele instalado, siga as orientações abaixo:

  • Na página inicial do Pardal, selecione a opção Fazer uma denúncia;

  • É preciso escolher qual é a irregularidade a ser denunciada: propaganda irregular ou práticas vedadas pela justiça eleitoral na internet;

  • No caso de uma denúncia de propaganda irregular, o aplicativo perguntará em qual unidade federativa a irregularidade foi encontrada. Selecione seu estado ou o Distrito Federal, se for o caso;

  • A segunda informação solicitada é o município em que a irregularidade foi detectada; escolha sua cidade a partir da lista disponibilizada, ou busque pelo nome dela;

  • O aplicativo perguntará em qual bairro a irregularidade foi encontrada; selecione um da lista ou busque pelo nome;

  • A próxima informação solicitada é o endereço ou ponto de referência em que a irregularidade foi detectada. Digite o nome da rua ou avenida;

  • A segunda etapa do processo de denúncia solicita quem será denunciado: escolha a eleição geral de 2022 e depois selecione se a denúncia é para um partido, coligação, candidato ou federação partidária;

  • Selecione para qual cargo o denunciado está concorrendo: presidente, vice-presidente, governador, vice-governador, deputado estadual, deputado federal, deputado distrital, senador, 1º suplente ou 2º suplente (os dois últimos cargos são ligados ao candidato ao Senado Federal);

  • O aplicativo exibirá todos os partidos, coligações, candidatos ou federações disponíveis, de acordo com o que foi selecionado. Escolha quem será denunciado na lista exibida;

  • A terceira etapa solicitará qual é a denúncia feita e também uma foto, vídeo ou áudio com a irregularidade detectada. Você pode usar a câmera do seu dispositivo, ou então selecionar arquivos armazenados no celular;

  • Por fim, o aplicativo solicitará dados referentes ao denunciante (no caso, você!). As informações são sigilosas; digite o que for solicitado e toque no botão para enviar.

Pronto! Sua denúncia foi enviada. A partir de agora, o TSE verificará as informações para detectar se de fato há irregularidade na propaganda enviada. Você pode conferir todas as denúncias feitas selecionando a opção Consultar uma denúncia na página inicial do app.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!