Mercado abrirá em 2 h 6 min
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,69
    +0,48 (+0,43%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +1,30 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    30.292,44
    +1.156,58 (+3,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    676,11
    +23,88 (+3,66%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.433,60
    +130,86 (+1,79%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    12.055,25
    +177,00 (+1,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1807
    -0,0381 (-0,73%)
     

Paralisação de peritos médicos do INSS afetará 25 mil atendimentos

·1 min de leitura
Paralisação de peritos médicos do INSS afetará 25 mil atendimentos
Paralisação de peritos médicos do INSS afetará 25 mil atendimentos
  • Os servidores devem paralisar suas atividades nesta segunda-feira;

  • A medida foi tomada pela categoria após tentativas frustradas de negociação por melhores condições de trabalho ;

  • Os segurados afetados devem entrar em contato com o INSS para reagendar a perícia, orienta a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais, responsável pela mobilização

Os peritos médicos do INSS devem paralisar suas atividades nesta segunda-feira(31). Com isso, mais de 25 mil perícias agendadas devem ser afetadas. A estimativa é da Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), que organiza o protesto.

A medida foi tomada pela categoria após tentativas frustradas de negociação por melhores condições de trabalho com o Ministério do Trabalho e Previdência. Segundo o presidente da ANMP, Luiz Carlos Argolo, a previsão é que 2.000 dos 3.000 peritos em atividade paralisem na segunda-feira.

"Os outros mil servidores são apadrinhados da atual gestão do órgão e estão em regime trabalho remoto, mesmo sem respaldo legal para isso. Inclusive, essa é uma das reivindicações: o retorno de todos os servidores para o atendimento presencial direto ao segurado da Previdência Social", diz Argolo.

Além do retorno das atividades presenciais para todos os peritos, a categoria também reivindica a fixação do número máximo de 12 atendimentos presenciais como meta diária, distribuição igualitária de agendamentos entre os peritos dos turnos da manhã e tarde, direito a feriados e recessos sem atendimentos e o fim das lacunas na agenda (espaços de tempo sem atendimentos).

A ANMP orienta que os segurados afetados entrem em contato com o INSS para reagendar a perícia. A nova data para a perícia não realizada dependerá da agenda de cada agência do INSS.

O INSS exige a perícia médica para que o cidadão tenha acesso ou prorrogação de um benefício previdenciário, como a aposentadoria por invalidez e o auxílio-doença. Também são realizadas para liberar o empregado para a volta ao trabalho.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos