Mercado abrirá em 2 h 10 min

Para reduzir orçamento, Governo inaugura atendimento virtual via WhatsApp

Fidel Forato

Em medida inédita, o Governo Federal passa a utilizar o WhatsApp como o mais novo canal de comunicação e prestação de contas. Por enquanto, a novidade está disponível apenas para setores específicos. Com a iniciativa, a estimativa do governo é de uma economia de R$ 260 mil por ano.

Nesta segunda (18), o Ministério da Economia anunciou que agora passa a atender os usuários das ferramentas ComprasNet, Plataforma +Brasil e Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP) pelo aplicativo de mensagens.

Em funcionamento, os atendimentos são realizados por robôs com inteligência artificial e têm como foco principal os servidores públicos, mas os novos canais de atendimento poderão ser utilizados por qualquer brasileiro eventualmente.

“Acompanhando as tendências do mercado e da sociedade, estamos trazendo novos canais de atendimento aos servidores públicos e à população. O whatsApp é barato, conveniente, acessível na palma da mão e se tornou um instrumento de trabalho”, destaca o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert.

Em conversa, a nova assistente Diva explica suas funções

Histórico da medida

A iniciativa para respostas com IA começou a ser testada primeiro com chatbots desde março deste ano. Nesse processo, a primeira assistente virtual criada foi a Lia e, dois meses depois, a Ísis.

Com as duas assistentes, a economia foi de cerca de 50% em relação ao atendimento humano. Durante o período de março a outubro de 2019 foram realizados 26.524 chamados, o que responde a uma economia aproximada de R$ 92 mil.

As assistentes virtuais lançadas anteriormente também estarão disponíveis pelo WhatsApp, 24 horas por dia. Além disso, estará disponível uma nova assistente, a Diva, responsável pela assistência aos usuários em relação a questionamentos sobre diárias e passagens em deslocamentos a serviço de funcionários públicos.

Antes do projeto dos chatbots e conversa via WhatsApp, os atendimentos eram realizados exclusivamentes por telefone ou pelo Portal de Serviços do Governo Federal.

Mais inciativas na área de tecnologia

Além do funcionamento das assistentes virtuais, no final de outubro entrou em vigor o novo Decreto do Pregão para a área de compras públicas. A medida estabelece que todo recurso da União para estados e municípios deve ser repassado através do pregão eletrônico (processo eletrônico de licitação).

No caso da Plataforma +Brasil, atualmente estão disponíveis dados de cinco modalidades de transferências de verbas no sistema. Nos próximos anos, a meta é que sejam 29.

“Estamos ampliando nossos serviços e base de usuários. Isso gera necessidade de atendimento e precisamos ter canais eficientes que consigam, dentro do contexto de restrição fiscal, entregar mais com menos recursos”, completa Heckert.

Governo brasileiro passa a utilizar o app como ferramenta oficialCaption

Saiba como acessar as assistentes virtuais

  • Para falar com a assistente Lia, responsável por compras públicas e pela ferramenta ComprasNet, escreva para o número: (61) 9645-2287;
  • Para falar com a assistente Ísis, responsável por transferências de recursos da União e pela plataforma +Brasil, escreva para o número: (61) 9553-6579;
  • Para falar com a assistente Diva, responsável por diárias e passagens e pela SCDP, escreva para o número: (61) 9162-2629.


Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: