Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,36
    -0,27 (-0,41%)
     
  • OURO

    1.784,00
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    56.636,71
    +1.662,02 (+3,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.454,88
    +49,58 (+3,53%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,31 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.039,30
    +116,13 (+1,68%)
     
  • HANG SENG

    28.417,98
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.299,33
    +486,70 (+1,69%)
     
  • NASDAQ

    13.515,25
    +24,25 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4244
    -0,0025 (-0,04%)
     

Para reduzir desperdício, Nike revenderá calçados pouco usados

·1 minuto de leitura
Nike revenderá calçados pouco usados para reduzir o desperdício

Para reduzir o desperdício, a Nike também comercializará calçados usados ou com pequenos defeitos de fabricação, em um serviço denominado "Nike Refurbished" (Nike renovada).

O mecanismo já está disponível em algumas lojas dos Estados Unidos e "logo" estará em 15 locais, segundo a empresa, que apresenta a iniciativa como um exemplo de economia circular.

A ideia é recuperar calçados devolvidos pelos clientes em até 60 dias após a compra, inspecionar e, no caso de produtos que ainda possam ser comercializados, serão recuperados e desinfetados manualmente.

O sistema terá três categorias: "como novo", "pouco usado" e "com defeito estético" para sapatos com problemas de fabricação. O preço dependerá da categoria.

jum/juj/oaa/mr/yow/ap/mvv