Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.546,68
    +1.302,47 (+2,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Para onde vão Chiliz (CHZ), Enjin (ENJ) e Decentraland (MANA); análise técnica

Valdrin Tahiri
·3 minuto de leitura

A Chiliz (CHZ) tem caido desde que atingiu sua máxima histórica no dia 12 de março. No entanto, a criptomoeda voltou a subir após tocar a linha de suporte do canal de alta.

A Enjin Coin (ENJ) está numa tendência de alta desde sexta-feira (23), mas não conseguiu romper uma resistência crucial. Enquanto isso, a Decentraland (MANA) rompeu um triângulo simétrico e depois o validou como um novo suporte.

CHZ

A CHZ tem estado numa tendência de baixa desde que atingiu seu preço recorde de US$ 0,94 no dia 12 de março. Embora o token tenha iniciado uma alta em 7 de abril, ele só conseguiu chegar nos US$ 0,84 e outra queda se seguiu depois. Até o momento, a CHZ atingiu a mínima de US$ 0,321, em 23 de abril.

Parece que o token está sendo negociado dentro de um canal de baixa, atualmente na parte inferior. Um canal é frequentemente considerado um movimento corretivo. Portanto, um movimento em direção à linha de resistência em US$ 0,75 ou um potencial rompimento dessa resistência pode ser esperada.

Alguns indicadores técnicos são neutros e outros otimistas, não dando maiores confirmações desse possível movimento.

Além disso, o movimento de baixa parece ser o início de um novo impulso de alta. Portanto, é provável que a CHZ suba em direção à linha de resistência do canal e potencialmente rompa.

A CHZ foi listada em duas exchanges, a XT e Bitpanda Pro nos dias 25 e 27 de abril, respectivamente. É possível que esses dois eventos tenham ajudado no recente aumento de preços.

Destaques

  • A CHZ está sendo negociada dentro de um canal de baixa;

  • O ativo potencialmente deu início a uma onda de alta no curto prazo.

ENJ

A ENJ está caindo desde o dia 9 de abril, quando atingiu a máxima histórica de US$ 4. A queda subsequente levou o token para US$ 1,69, validando o nível de retração de 0,618 de Fibonacci como um suporte.

A moeda tem subido após esse feito, mas, apesar do salto, ela não foi capaz de romper uma importante resistência, encontrada em US$ 2,85. Este é o nível de retração de 0,5 de Fibonacci (branco) da queda recente e uma área de resistência horizontal. Até que tenha sucesso em romper essa zona, não se pode considerar a tendência como de alta.

O gráfico de seis horas mostra um rompimento contínuo de uma linha de tendência de baixa. Portanto, espera-se que a ENJ alcance a área anteriormente delineada em US$ 2,85. No entanto, atualmente, não se pode determinar se isso ocorrerá.

Assim como a CHZ, a ENJ foi listada na exchange XT no dia 23 de abril.

Highlights

  • A ENJ está enfrentando uma forte resistência em US$ 2,85;

  • Criptomoeda conseguiu romper uma linha de tendência de baixa.

MANA

No dia 15 de abril, a MANA rompeu um triângulo simétrico. Dois dias depois, ela atingiu um novo preço recorde de US$ 1,67.

Embora o preço tenha caído fortemente após o feito, a queda serviu para validar o triângulo como um novo suporte. A criptomoeda tem subido desde então.

Os indicadores técnicos são otimistas. O MACD deu um sinal de reversão de alta e o RSI cruzou acima de 50 pontos. Embora o oscilador estocástico ainda não tenha feito um sinal de alta, está perto de fazê-lo.

A próxima área de resistência é encontrada em US$ 2,13.

Highlights

  • MANA conseguiu romper um triângulo simétrico.

  • Existe uma resistência do preço em US$ 2,13.

O artigo Para onde vão Chiliz (CHZ), Enjin (ENJ) e Decentraland (MANA); análise técnica foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.