Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,09
    -1,58 (-2,52%)
     
  • OURO

    1.794,30
    +15,90 (+0,89%)
     
  • BTC-USD

    54.901,70
    -1.934,48 (-3,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.266,09
    +3,13 (+0,25%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.891,25
    +97,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7005
    -0,0020 (-0,03%)
     

Para Mourão, Ministério da Saúde apenas executa decisões de Bolsonaro: “Quem define é o presidente”

·1 minuto de leitura
Brazilian Vice-President Hamilton Mourao applauds next to Brazilian President Jair Bolsonaro (R) during the launch of the Alliance for Volunteering aid program at Planalto Palace in Brasilia, on November 9, 2020, amid the new coronavirus pandemic. - Bolsonaro, even after 48 hours of confirmation of Joe Biden's victory in the US election, remains without making any comment on the issue. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro e vice-presidente Hamilton Mourão (Foto: Evaristo Sá/AFP via Getty Images)

Ao comentar a nova troca no comando do Ministério da Saúde, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o responsável por tudo que acontece ou deixa de acontecer no país.

O cardiologista Marcelo Queiroga vai substituir o general Eduardo Pazuello.

Leia também:

Segundo Mourão, o ministro cumpre aquilo que o presidente decide. “A função do ministro quem define, é o decisor, é o presidente da República. O ministro é um executor das decisões do presidente da República. Até por isso, então, o presidente é o responsável por tudo o que aconteça ou deixe de acontecer, essa é a realidade”, declarou o vice.

O nome de Queiroga ainda não foi publicado no Diário Oficial da União, mas Bolsonaro já comunicou que o cardiologista é o escolhido para assumir a pasta. O futuro ministro já afirmou que considera o lockdown, ou seja, o confinamento, uma medida extrema.

Queiroga também deixou claro que “o ministro da Saúde executa a política de governo”. Mourão concorda com a afirmação do novo ministro.