Mercado fechado

Para manter o realismo, diretora de Mulan afirmou que remake não terá músicas

Natalie Rosa

O próximo filme da Disney a ganhar um live-action, ou seja, que conta com atores reais, é o clássico Mulan. Mas, diferente das versões anteriores lançadas recentemente, como A Bela e a Fera, por exemplo, o novo longa não vai contar com aquelas músicas que nós adoramos cantarolar em filmes do tipo.

Pois é! Infelizmente, não vai ser nessa versão de Mulan que cantaremos nos cinemas a música Reflection, que na animação era interpretada por Christina Aguilera. Muito menos o coro A Girl Worth Fighting For. Em entrevista, a diretora responsável pela produção, Niki Caro, disse que por se tratar de um filme mais realista, não há a intenção de inserir canções no contexto da história porque "não tendemos a cantar quando estamos indo à guerra".

Imagem: Divulgação/Disney

A diretora contou que, no entanto, não tem nada contra a animação. "Essas músicas são incríveis e se eu pudesse espremê-las lá (no live action), eu teria feito. Mas nós vamos honrar a música da animação de uma forma muito significante", esclareceu.

Caro disse ainda que a maior vantagem de fazer o remake de Mulan, uma animação tão icônica, é o fato de poder transformar o desenho em algo verdadeiro, pois "é a história real de uma garota indo para a guerra".

Sem Mushu

Reprodução: Disney

Além de cortar as músicas do novo filme, Caro revelou também que o pequeno dragão Mushu, personagem de destaque da animação, não estará presente. "Eu acho que todos nós podemos concordar que o Mushu é insubstituível", afirmou. Mas, segundo a diretora, haverá outra criatura com representatividade espiritual dos ancestrais de Mulan na trama e também da sua relação com o pai.

O live-action de Mulan chega aos cinemas no dia 26 de março. Assista ao trailer:



Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: