Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.479,93
    +153,77 (+0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Para impulsionar recuperação, UE adota planos de investimento da Itália, França e Espanha

·1 minuto de leitura
Comissão Europeia em Bruxelas

Por Francesco Guarascio

BRUXELAS (Reuters) - Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) adotaram planos de investimento de 12 Estados do bloco nesta terça-feira, incluindo os da Itália, Espanha e França, abrindo caminho para os primeiros desembolsos de fundos da UE para impulsionar a recuperação econômica da pandemia de Covid-19.

A Comissão Europeia estima que o plano de recuperação de 800 bilhões de euros, financiado pela tomada de empréstimos conjuntos sem precedentes e desembolsado ​​em doações e empréstimos, poderá impulsionar o investimento público para 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do bloco no próximo ano, o maior em mais de uma década.

Os ministros reunidos em Bruxelas aprovaram planos preparados pela Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Itália, Letônia, Luxemburgo, Portugal, Eslováquia e Espanha, informou um comunicado da UE, naquele que é o primeiro conjunto de aprovações de programas nacionais de investimento sob o plano de recuperação do bloco.

Os planos dos 15 países restantes da UE serão avaliados numa fase posterior. Itália e Espanha estão entre os principais beneficiários em termos absolutos dos fundos de recuperação.

Os fundos ajudarão a impulsionar a recuperação econômica após a crise desencadeada pela pandemia no ano passado, com a Comissão Executiva estimando um crescimento de 4,8% neste ano e uma expansão de 4,5% em 2022 para a UE em geral e a zona do euro, que compreende 19 dos 27 países do bloco.

(Por Francesco Guarascio)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos