Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,90
    +0,47 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.784,90
    +2,90 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    52.132,53
    -2.761,46 (-5,03%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.194,54
    -48,51 (-3,90%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.770,50
    +20,25 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5430
    -0,1590 (-2,37%)
     

Para Fed, recuperação econômica é apenas modesta e emprego tem perdido ritmo

·1 minuto de leitura
Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos. 01/05/2020. REUTERS/Kevin Lamarque.

WASHINGTON (Reuters) - A recuperação econômica dos Estados Unidos continuou em um ritmo modesto nas primeiras semanas deste ano, com as empresas otimistas sobre os meses que virão e uma "robusta" demanda por moradias, apesar de uma melhora apenas lenta no mercado de trabalho, disse o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) nesta quarta-feira.

O Fed realiza sua próxima reunião de política monetária em duas semanas, em meio a um otimismo de que nos próximos meses haverá diminuição nos riscos relacionados à pandemia de coronavírus e a economia mostrará forte crescimento.

O impulso nas perspectivas econômicas --estimulado pela expansão do programa de vacinação contra a Covid-19 no país e pelo potencial de um pacote de gastos federais no montante de 1,9 trilhão de dólares-- gerou especulações no mercado de que o Fed poderia ser forçado a reduzir seu apoio à economia antes que o previsto.

Nos últimos dias, autoridades do Fed refutaram essa ideia, observando a longa lista de problemas que a economia ainda enfrenta --de alto desemprego a inflação fraca-- e que precisariam ser amenizados antes de se considerar qualquer mudança na política monetária.

(Por Howard Schneider)