Mercado fechado

Para conter coronavírus, China proíbe agências de vender viagens

Bloomberg News

(Bloomberg) -- A China ordenou que todas as agências de turismo suspendam as vendas de viagens domésticas e internacionais, como parte de um esforço para conter a propagação de um novo coronavírus que matou 25 pessoas e infectou centenas.

O Ministério de Cultura e Turismo determinou que agências de viagens e empresas de turismo suspendam a venda de pacotes turísticos a partir da sexta-feira, de acordo com documento visto pela Bloomberg.

A medida ocorre no início das festas do Ano Novo Lunar, quando milhões de chineses viajam pelo país e ao exterior. A China adota medidas extraordinárias para tentar controlar uma doença que alguns temem possa ganhar a mesma escala que a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

A mudança será um golpe significativo para o setor de turismo. Os chineses, que lideram o fluxo de turistas que viajam pelo mundo, gastaram US$ 130 bilhões no exterior em 2018.

To contact Bloomberg News staff for this story: Dong Lyu Beijing, dlyu3@bloomberg.net;Steven Yang em Beijing, kyang74@bloomberg.net;Haze Fan em Beijing, hfan40@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Rachel Chang, wchang98@bloomberg.net, Jeff Sutherland, Kazunori Takada

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.