Mercado fechará em 1 h 33 min

Para Bill Gates, maioria dos testes de COVID-19 nos EUA é "um lixo"

Natalie Rosa
·2 minuto de leitura

Mais uma vez, Bill Gates, o fundador da Microsoft, tem algo importante a falar sobre a pandemia da COVID-19, mas dessa vez trazendo um pouco de polêmica. De acordo com o executivo, o sistema de testes de detecção do novo coronavírus dos Estados Unidos são "um lixo".

"A maioria dos testes dos EUA são um lixo completo, um desperdício", contou Gates em entrevista ao site Wired nesta sexta-feira (7). Para o bilionário, o problema desses testes não é a sua precisão na hora de exibir os resultados, mas sim o tempo levado para chegar aos resultados, o que acaba os transformando em coisas "inúteis".

<em>Foto: Reprodução</em>
Foto: Reprodução

No país norte-americano, a população tem esperado por semanas até descobrirem o resultado do teste tradicional, aquele que consiste na coleta de material com um longo cotonete. Esse tempo de espera pode ser perigoso não só para o paciente, que pode negligenciar a busca por hospitais, como também para quem está em volta e pode ser contaminado.

A solução, de acordo com Bill Gates, seria implementar um sistema de reembolso para que o paciente pague um pouco mais para ter a resposta em 24 horas, pagar a taxa normal para 48 horas e receber o valor de volta caso não recebam o resultado dentro desses prazos. Para o executivo, essa medida seria uma forma de incentivo para trazer mais agilidade aos testes.

Bill Gates já anunciou, ainda no início da pandemia, que não estava medindo esforços para financiar o combate à COVID-19, e chegou ainda a fazer uma projeção de inovações que devem ser implementadas para lutar contra a doença e fortalecer a economia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: