Mercado fechará em 3 h 28 min
  • BOVESPA

    125.108,47
    -1.038,19 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.204,63
    -35,88 (-0,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,92
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.804,20
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    32.127,69
    -185,28 (-0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    776,87
    -16,86 (-2,12%)
     
  • S&P500

    4.403,87
    +36,39 (+0,83%)
     
  • DOW JONES

    35.030,31
    +206,96 (+0,59%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.080,25
    +151,75 (+1,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0890
    -0,0312 (-0,51%)
     

Para adultos e crianças: concerto à luz de velas reúne trilhas de filmes como 'Shrek' e 'O rei leão'

·1 minuto de leitura

RIO — A emoção de ver “O rei leão” ou “Procurando Nemo” pela primeira vez é inesquecível. Assim como ouvir as trilhas sonoras destes filmes — “Hakuna Matata” virou quase um mantra, não é mesmo? Já cai uma lagriminha só de imaginar o espetáculo “Candlelight”, que apresentará clássicos de longas infantis orquestrados — e à luz de velas — quinta-feira, às 19h e às 21h, no Planetário da Gávea.

Como a capacidade foi reduzida à metade, devido à pandemia, os ingressos já estão esgotados. Mas foram abertas duas novas datas: 1º de julho, às 21h; e 11 de agosto, às 19h e às 21h, com entradas (a partir de R$ 50, a meia) já à venda no site feverup.com/rio-de-janeiro/candlelight.

— É muito emocionante voltar a fazer shows depois de mais de um ano e ver a acolhida do público. Não só os espectadores estavam a portas fechadas, como os músicos não puderam trabalhar por todo esse tempo. Vê-los de volta aos palcos é muito gratificante — destaca Santiago Santamaria, gerente de comunicação da Fever, empresa espanhola que produz “Candlelight” em 85 cidades do mundo.

Ele conta que o espetáculo, que também tem versões com Chopin, Vivaldi e bossa nova à luz de velas, nasceu há dois anos, com o objetivo de democratizar a música clássica:

— Percebemos que as pessoas achavam que não tinham tanto conhecimento de música clássica para pagar o preço que cobravam pelos ingressos. Decidimos fazer as performances em lugares diferentes, como igrejas e prédios clássicos, a preços acessíveis e à luz de velas, para gerar um ambiente mais íntimo e acolhedor.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos