Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.026,84
    +354,09 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.284,24
    -118,46 (-0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,25
    +1,29 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.786,10
    +15,60 (+0,88%)
     
  • BTC-USD

    66.237,13
    +2.149,26 (+3,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.547,46
    +66,65 (+4,50%)
     
  • S&P500

    4.536,19
    +16,56 (+0,37%)
     
  • DOW JONES

    35.609,34
    +152,03 (+0,43%)
     
  • FTSE

    7.223,10
    +5,57 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.365,75
    -32,75 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4781
    -0,0181 (-0,28%)
     

Para 64%, Bolsonaro deveria demitir Paulo Guedes, diz pesquisa

·2 minuto de leitura
Brazil's President Jair Bolsonaro listens to Brazil's Economy Minister Paulo Guedes during a ceremony to sign a provisional measure on the fuel market at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil August 11, 2021. REUTERS/Adriano Machado
Brazil's President Jair Bolsonaro listens to Brazil's Economy Minister Paulo Guedes during a ceremony to sign a provisional measure on the fuel market at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil August 11, 2021. REUTERS/Adriano Machado

O presidente Jair Bolsonaro deveria demitir o ministro da Economia, Paulo Guedes para 64% da população brasileira, segundo pesquisa do Instituto Realtime BigData encomendada pela Record TV. 

Para uma parcela ainda maior dos entrevistados (68%), Guedes não tem condições de permanecer no cargo e 64% reprovam a gestão dele à frente da pasta

Leia também:

O instituto ouviu mil pessoas de todas as regiões do país por telefone nesta quinta-feira (7). O levantamento tem margem de erro de 3 pontos percentuais e nível de confiança de 95%. 

Segundo levantamento, somente 21% dos entrevistados avaliam positivamente a atuação de Guedes e 15% não souberam avaliar.

Problemas graves na economia

A avaliação negativa de Paulo Guedes reflete o momento econômico delicado vivido pelo Brasil. A inflação em setembro foi a maior para o mês desde o início do Plano Real, o combustível está em patamares elevadíssimos, a conta de luz vai ficar com a bandeira tarifária de emergência até meados de 2022 e o real não para de se depreciar (o que afeta a inflação). Isso só para alguns pontos desse nó.

Para a maioria dos entrevistados, a alta de preços de serviços básicos é culpa de Paulo Guedes — 52% o veem como culpado.

A condução da economia brasileira também é apontada como um fracasso da gestão de Paulo Guedes. Segundo a pesquisa, 77% acreditam que o Brasil não está no rumo certo com relação à economia.

Pandora Papers

Para piorar o quadro, uma reportagem internacional revelou que o ministro da Economia tem uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas que lhe proporcionou ganhos de mais de R$ 16 milhões em razão da desvalorização do real ante o dólar. A conta de Guedes, porém, foi declarada às autoridades financeiras brasileiras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos