Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.062,82
    +14,53 (+0,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Papel da Ant em Hong Kong continuará relevante, diz regulador

Sophie Kamaruddin
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- A Ant continuará a desempenhar um papel importante no cenário financeiro de Hong Kong, segundo uma autoridade da cidade, mesmo diante do maior escrutínio de reguladores chineses sobre os negócios da gigante de tecnologia financeira.

Nelson Chow, diretor de tecnologia financeira da Autoridade Monetária de Hong Kong (HKMA, na sigla em inglês), disse que a cidade não tem motivos para questionar a presença da Ant, que tem uma licença para operar um banco virtual.

“É um player, mas muitos players também estão na cidade, por isso estão competindo entre si para oferecer melhores serviços”, disse Chow em entrevista à Bloomberg Television na quinta-feira.

A Ant deveria estrear na bolsa da cidade e em Xangai na quinta-feira, em uma oferta pública inicial de US$ 35 bilhões que foi cancelada de repente pelos reguladores chineses na terça-feira. A medida deixou o centro financeiro em estado de choque, pois cerca de 20% da população de Hong Kong, segundo uma estimativa, havia se inscrito para comprar ações da Ant.

O acordo obrigou a HKMA a tranquilizar os mercados de que existe ampla liquidez no sistema. “Temos confiança e capacidade de manter a estabilidade monetária e financeira”, disse o regulador em comunicado.

Chow disse que o ocorrido não vai enfraquecer projetos para o setor de fintech da cidade ou o apetite de investidores. “O tom é muito otimista”, disse. “Os investidores veem a Ásia, e particularmente Hong Kong, como um dos principais lugares onde veremos muito desenvolvimento fintech.”

Neste ano, a cidade teve o lançamento de vários bancos virtuais, incluindo um operado pela Ant. Segundo Chow, esses bancos têm “modelos de negócios muito bons” e podem ajudar a direcionar mais financiamento para pequenas e médias empresas por meio do uso de dados alternativos, disse.

Quanto à concessão de mais licenças, a HKMA precisará de “algum tempo para observar os players existentes”, disse.

Chow disse que a HKMA irá acolher qualquer decisão da China de também lançar sua moeda digital na cidade e “está pronta para cooperar”.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.