Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,10 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,43 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,51
    +0,19 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.742,80
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    60.186,25
    +953,54 (+1,61%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,35 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,00 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,30 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,06 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.781,75
    -47,75 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7644
    +0,0002 (+0,00%)
     

Papagaio agrada clube com postura mais madura e ‘consciente’

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·2 minuto de leitura


Após mais de um ano cumprindo punição por doping, Rafael Papagaio está de volta ao Palmeiras. Desde o início do mês, o atacante trabalha no clube. Esse é o primeiro contato de Papagaio com o futebol desde outubro de 2019, quando foi flagrado em um exame antidoping. E seus primeiros dias de retorno tem agradado direção e comissão técnica.

>> Palmeiras em vantagem! Relembre como foi o primeiro jogo da decisão de cada ano da Copa do Brasil

Passando a impressão de ter ‘mudado de mentalidade’, Papagaio foi fortemente elogiado nos bastidores pela forma que reagiu à suspensão. Visto como mais maduro e consciente de que esse é sua última grande chance de mostrar o futebol goleador que marcou sua aparição, o jogador ganhou a confiança, também, de Abel Ferreira.

O treinador português gostou do que ouviu e viu do atacante nesse curto período e decidiu por sua inscrição no Paulistão. Acreditando ser capaz de retomar o promissor talento de Papagaio, Abel aposta que com tempo de treino e convívio com esse elenco ‘vencedor’, a recuperação pode ser acelerada.

Antes de ser integrado ao grupo do Paulistão, Papagaio, que tem contrato com o Verdão até 2023, comentou seu desejo de mostrar serviço para Abel Ferreira.

– Estou ansioso demais, louco para voltar aos treinos e muito feliz pelo título da Libertadores. Menino, Patrick e Esteves, joguei com eles na base. Sei que são caras excepcionais e ver eles conquistando coisas que todos sonhamos deixa um gostinho de voltar melhor ainda e mostrar meu trabalho para fazer parte desse grupo vitorioso – celebrou o atacante.

Papagaio também confidenciou informações sobre como sua família foi importante no processo de reinserção no futebol.

– Muita coisa mudou desde meu último jogo como profissional. O tempo passou rápido para algumas coisas, mas parecia que eu nunca mais voltaria a treinar ou jogar novamente. Mudei muitas coisas na minha vida, criei uma rotina no dia a dia – relatou o atacante, completando sobre sua rotina.

A estreia de Papagaio em seu retorno pode ser nesta quarta-feira, às 19h, no Dérbi, em Itaquera.