Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    48.293,32
    +1.100,93 (+2,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7797
    -0,0062 (-0,09%)
     

Papa Francisco recebe segunda dose de vacina da Pfizer contra Covid-19

·1 minuto de leitura
VATICAN CITY, VATICAN - FEBRUARY 02: Pope Francis holds a Holy Mass on the 25th World Day for Consecrated Life on February 02, 2021 in Vatican City, Vatican. The Holy Mass has been held with the members of the Institutes of Consecrated Life and Societies of Apostolic Life on the 25th World Day For Consecrated Life. (Photo by Vatican Pool - Corbis/Getty Images)
Papa Francisco cancelou todas as viagens desde março de 2020 (Foto: Vatican Pool - Corbis/Getty Images)

O papa Francisco recebeu a segunda fosse da vacina contra o coronavírus nesta quarta-feira, 3. A informação é da Agência France Press.

Com 84 anos, o papa havia recebido a primeira dose da vacina da Pfizer no dia 13 de janeiro, quando o Vaticano iniciou a campanha de imunização para todos os residentes e funcionários. Ao todo, são 5 mil pessoas.

Após a segunda dose, são necessárias duas semanas até que o paciente esteja imunizado.

Leia também:

Desde março de 2020, quando a pandemia do coronavírus tomou proporções mais graves, o pontífice cancelou todas as viagens. Ele também já fez apelos para que os devotos respeitem as recomendações das autoridades sanitárias, como manter o distanciamento social e usar máscaras.

O papa tem uma viagem marcada para ir ao Iraque em março, mas admite que há a possibilidade de cancelar o compromisso, dada a situação sanitária do país.