Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.560,35
    -87,64 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.652,99
    -145,39 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,42
    +0,14 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.765,40
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    61.316,33
    +722,02 (+1,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.431,18
    -20,45 (-1,41%)
     
  • S&P500

    4.483,25
    +11,88 (+0,27%)
     
  • DOW JONES

    35.231,89
    -62,87 (-0,18%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.271,50
    +137,00 (+0,91%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4086
    +0,0048 (+0,07%)
     

Pantera Negra 2 │ Discurso antivacina de atriz gera desconforto nos bastidores

·3 minuto de leitura

Ao que parece, o apreço pela ciência da personagem Shuri se limita apenas à frente das câmeras. Isso porque, segundo rumores, a atriz Letitia Wright vem causando desconforto nos bastidores de Pantera Negra: Wakanda Forever entre a equipe da produção e o elenco ao adotar um fervoroso discurso antivacina.

Essa não é a primeira vez que as opiniões da atriz sobre a pandemia da covid-19 e a imunização geram polêmica. Em dezembro, ela compartilhou um vídeo questionando a eficácia da vacinação e com informações falsas sobre a doença e os imunizantes. Além disso, o conteúdo também trazia mensagens transfóbicas, o que apenas piorou a situação. Diante da péssima repercussão do caso, ela chegou a apagar suas redes sociais.

Atriz conquistou o público no primeiro Pantera Negra, mas posicionamento fora das telas vem sendo muito questionado (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Atriz conquistou o público no primeiro Pantera Negra, mas posicionamento fora das telas vem sendo muito questionado (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

Só que, conforme fontes ligadas a Wakanda Forever contaram ao site The Hollywood Reporter, o episódio não fez com que a atriz revisse seu posicionamento. Assim, Wright ainda estaria propagando mentiras sobre a vacinação e que o assunto teria se tornado bastante delicado durante as filmagens da continuação de Pantera Negra.

Toda a situação teria sido agravada ainda pela decisão da Disney de exigir que elenco e equipe de produção de seus filmes e séries apresentem comprovantes de que completaram o ciclo vacinal contra a covid-19. De acordo com o THR, a medida passa a valer já a partir deste mês de outubro e é reflexo do acordo feito entre os estúdios e os sindicatos de Hollywood há alguns meses para garantir a segurança sanitária durante as gravações.

Assim, para poderem circular pelos sets de filmagem, atores e demais funcionários terão uma pulseira indicando que foram completamente vacinados contra o coronavírus — e quem não apresentar esse comprovante ficará impossibilitado de andar pela área de produção.

Dessa forma, a postura negacionista de Wright tem causado desconforto e preocupação pelo fato de uma das protagonistas de Pantera Negra: Wakanda Forever se opor às políticas sanitárias exigidas não apenas pela Disney, mas por todos os estúdios.

Letitia Wright é a principal cotada para substituir o Chadwick Boseman no papel de Pantera Negra (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Letitia Wright é a principal cotada para substituir o Chadwick Boseman no papel de Pantera Negra (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

A intenção das empresas é criar esse protocolo que exige a vacinação para impedir que novos casos de covid-19 nos bastidores paralisem novamente os trabalhos. Ao longo do último ano, diversos filmes e séries tiveram de ser pausados por causa de surtos da doença e, em julho, um acordo foi feito para impedir que casos assim se repetissem.

No entanto, posturas de atores antivacina como Letitia Wright têm preocupado Hollywood. Além dela, o ator Rob Schneider é outro que já se posicionou contra os imunizantes e vem causando dor de cabeça para a Netflix, com quem ele está desenvolvendo um novo projeto. Por outro lado, nomes como George Clooney e Giancarlo Esposito seguem defendendo a vacinação, enquanto Sean Penn teria se negado a voltar a trabalhar até que todos os envolvidos nas gravações da série Gaslit tomassem as duas doses.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos