Mercado fechado

Pantera Negra 2 | 7 personagens que podem assumir manto do herói no MCU

Todas as atenções dos fãs do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, na sigla em inglês) estão voltadas para Pantera Negra: Wakanda para Sempre por uma razão bastante emblemática: quem vai assumir o papel de herói após a morte do ator Chadwick Boseman. O ator faleceu vítima de um câncer em 2020 e sua falta e o peso da despedida devem marcar o longa, como o trailer já deixou bem claro.

Ao mesmo tempo, o primeiro material de divulgação do filme soube usar a comoção para deixar o público curioso para saber como o luto vai se transformar em legado — tanto que o teaser termina justamente com alguém usando o uniforme do Pantera Negra em meio a uma batalha, indicando que devemos ter mesmo uma passagem de bastão. A grande dúvida, porém, é sobre quem vai assumir o posto.

Marvel já começou a criar suspense em torno do novo Pantera Negra (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Marvel já começou a criar suspense em torno do novo Pantera Negra (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Nesses dois anos desde a morte de Boseman, muito tem se especulado sobre o nome que a Marvel deve escolher. Há algumas apostas que parecem mais óbvias, enquanto outras despontam como possíveis surpresas dentro do roteiro de Wakanda para Sempre. E, com o filme batendo à nossa porta, nada melhor do que prestar uma homenagem tanto ao ator quanto ao icônico Rei T’Challa imaginando quem estaria à sua altura como defensor de Wakanda.

7. Shuri

Shuri é a aposta mais óbvia para assumir o legado de T'Challa (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Shuri é a aposta mais óbvia para assumir o legado de T'Challa (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

A aposta mais óbvia e também mais provável é que Shuri (Letitia Wright) seja a grande sucessora de T’Challa como a nova Pantera Negra. Essa é uma transição que já aconteceu nos quadrinhos e que faz todo o sentido dentro do que vimos no MCU.

No primeiro Pantera Negra, a irmã caçula do herói foi uma das personagens mais amadas. O jeito desbocado que misturava uma genialidade incrível com um bom humor típico dos grandes nomes da Marvel fizeram dela alguém muito popular e, por isso mesmo, a principal cotada para assumir o manto.

Além disso, há o próprio fator narrativo que pesa nesse sentido. Ela é irmã do rei e teria todo o direito de reivindicar o trono, mesmo dentro das tradições de Wakanda. Afinal, alguém ousaria contestar a jovem cientista e guerreira no momento de maior luto no país? Além disso, toda sua genialidade sempre serviu muito bem ao reino e isso é algo que se encaixaria bem no papel de Pantera Negra.

Por outro lado, questões de bastidores podem abalar essa sucessão. A atriz Letitia Wright se envolveu em várias controvérsias durante o período de pandemia de covid-19 quando teria adotado um discurso negacionista da doença e da própria vacina. Essas posições trouxeram uma imagem bastante negativa para a jovem e pode ser que a Disney não esteja disposta a ter uma heroína no centro do debate dessa forma.

Em compensação, produtos licenciados de Pantera Negra: Wakanda para Sempremostraram Shuri com o uniforme do herói, dando a dica de que ela deve mesmo assumir a responsabilidade.

6. Okoye

Okoye se destacou desde a primeira vez que apareceu no MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Okoye se destacou desde a primeira vez que apareceu no MCU (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

Vamos ser sinceros: o nome mais lógico para assumir o papel de Pantera Negra seria o de Okoye (Danai Gurira). A líder das Dora Milaje sempre foi alguém muito próxima da T’Challa e à família real de Wakanda, além de ser uma guerreira excepcional e comandar a tropa de elite do país. Em termos de currículo, não há ninguém mais capacitado do que ela.

Basta olhar o quanto ela foi incrível lutando contra o exército de Killmonger, na batalha contra Thanos e também perseguindo o Barão Zemo mundo afora para ver o quanto ela é uma lutadora nata — e tudo isso sem depender de armadura ou do efeito do vibranium em seu organismo. E se ela fez tudo isso na raça, imagine só o que seria capaz de fazer caso virasse, de fato, a nova Pantera Negra.

5. Nakia

Nakia tem um enorme destaque no trailer de Wakanda para Sempre (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)
Nakia tem um enorme destaque no trailer de Wakanda para Sempre (Imagem: Reprodução/Marvel Studios)

A personagem de Lupita Nyong’o transita em uma linha bastante curiosa dentro do MCU. Ao mesmo tempo em que ela é apresentada em Pantera Negra como alguém incrível e muito habilidosa — ela faz parte do Hatut Zeraze, um polícia especializada de Wakanda —, Nakia é comumente esquecida pelos fãs no debate sobre a sucessão de T’Challa.

A razão para isso é até simples. Ela não teve tanta exposição dentro dos filmes e séries, como Nakia, e nem brilhou tanto quanto Shuri. E é esse protagonismo meio escondido que pode fazer com que a revelação de ela ser a nova Pantera Negra ser tão surpreendente.

Ok, as chances de isso acontecer não são tão altas assim, mas também não são nulas. Assim como Okoye, Nakia também tem muita experiência de combate e rumores apontam que os Hatut Zeraze vão ter um papel de maior destaque em Wakanda para Sempre. Assim, faria muito sentido ver a sua líder se tornar a nova Pantera.

4. M’Baku

M'Baku começou como rival, mas logo ganhou um protagonismo ao lado de T'Challa (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
M'Baku começou como rival, mas logo ganhou um protagonismo ao lado de T'Challa (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

M’Baku (Winston Duke) é um personagem que ganhou muito espaço desde sua estreia no primeiro Pantera Negra. No longa, ele surge como aquele líder de uma tribo rival que contesta a sucessão de T’Challa e até ameaça um antagonismo, mas termina como um aliado importante para a coroa de Wakanda. Não por acaso, ele ainda retorna em Vingadores: Guerra Infinita e Ultimato para mostrar o quanto a sua força é incontestável e importante para o reino.

Por isso mesmo, alguns rumores e teorias apontam que ele pode ganhar mais destaque em Wakanda para Sempre a ponto de ser cotado para virar o novo Pantera Negra. Seria uma transição interessante tanto do aspecto visual — Duke é bem maior do que Boseman, o que deixaria o herói bem mais encorpado — quanto do lado narrativo. Afinal, consagraria a transição do personagem e mostraria o quanto, apesar da rivalidade inicial, ele era leal a T’Challa a ponto de querer levar adiante seu legado.

3. Rainha Ramonda

A Rainha Ramonda tem tudo para ser a Maria Marruá de Wakanda (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
A Rainha Ramonda tem tudo para ser a Maria Marruá de Wakanda (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

O primeiro teaser de Wakanda para Sempre mostrou que a Rainha Ramonda (Angela Bassett) não vai fugir da briga após a morte de seu filho. Ela aparece discursando na ONU com toda a pompa e garra de uma líder de Estado e a sua própria fala abre margem para uma interpretação de que ela pode herdar o legado da família.

Em determinado momento, ela afirma que toda sua família foi morta e indaga os presentes o que esperam que ela faça. Com a ameaça de Atlântida batendo à porta de Wakanda, não seria surpresa vê-la vestindo o traje e indo para a luta. A gente sabe que não há animal mais feroz do que uma onça protegendo sua cria.

E vale lembrar que idade não é problema. Embora a atriz já tenha seus 64 anos, o Rei T’Chaka (John Kani) tinha seus 73 quando foi morto em Capitão América: Guerra Civil e, até então, ele era o Pantera Negra. E a gente sabe bem que personagem de máscara não tem idade.

2. Killmonger

Killmonger contrasta tanto com T'Challa que seria a escolha perfeita para sucedê-lo (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Killmonger contrasta tanto com T'Challa que seria a escolha perfeita para sucedê-lo (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

A teoria de que Killmonger pode assumir o papel do novo Pantera Negra é até inesperada, visto que o personagem de Michael B. Jordan morreu no primeiro filme. Contudo, o público gostou tanto do vilão e de suas motivações que há até um certo lobby para trazê-lo de volta. Afinal, o multiverso está aí para tornar possível o impossível.

Muita gente chegou a acreditar que esse retorno poderia acontecer em What If…?, mas a animação levou a variante do vilão para um caminho que só reforçou o quanto ele é mau, independente das suas razões — o que, de certo modo, esvaziou bastante a ótima construção que havia sido feita em Pantera Negra. Ainda assim, o fato de o teaser de Wakanda para Sempre trazer alguém com o mesmo traje que Killmonger usou reacendeu a hipótese.

E, por mais que os quadrinhos tenham nos ensinado que ninguém morre de verdade na Marvel, as chances de vermos essa sucessão são bem próximas de zero. O foco da trama deve ficar no luto de Wakanda e na ameaça de Atlântida, o que deixa pouco espaço para o roteiro trabalhar o multiverso e um retorno de Killmonger. O que é possível é vermos Jordan aparecer no mundo espiritual.

Outro ponto que pesa contra essa sucessão é que ela esvazia o peso que o próprio Killmonger trouxe para a história de Wakanda. Ainda que ele seja o antagonista do primeiro filme, não há como negar que há uma certa de razão em suas motivações e a sua morte dá o peso exato de que boas ideias com ações equivocadas podem ser fatais e trazê-lo de volta tira todo esse impacto. Isso sem falar que o seu último discurso é incrível por ser uma despedida.

1. Todo mundo

Espalhar o legado do Pantera Negra seria uma ótima forma de representar a importância do personagem e de Chadwick Boseman (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)
Espalhar o legado do Pantera Negra seria uma ótima forma de representar a importância do personagem e de Chadwick Boseman (Imagem: Divulgação/Marvel Studios)

Essa é uma teoria que você vai ler primeiro aqui no Canaltech. Afinal, e se não houver um novo Pantera Negra no sentido que foi apresentado no primeiro filme, de alguém herdar os poderes do herói a partir da erva em forma de coração? E se, no fim das contas, o poder for compartilhado com as pessoas de Wakanda?

Parece um delírio nosso, mas é algo que faz muito sentido dentro da ideia de legado e que o próprio nome carrega — além de representar bem o que o próprio Chadwick Boseman foi.

O primeiro Pantera Negra foi um marco não apenas por sua bilheteria ou ter sido indicado ao Oscar de Melhor Filme. Ele entra para a História por ter sido um marco cultural. O longa traz um discurso tão forte de representatividade dentro e fora das telas que isso reverberou de uma forma tão incrível que o herói e Wakanda se tornaram símbolos do orgulho do povo negro. É algo que quebrou a barreira do cinema e do mundinho nerd, atingindo pessoas de todos os campos.

Não foram poucos os casos de atletas que adotaram o lema de “Wakanda para sempre” para expressar sua negritude da mesma forma que muitas crianças viram nessas manifestações e no próprio herói uma personificação de algo muito maior do que MCU ou filminho de herói.

Por isso mesmo, a morte de Chadwick Boseman foi tão sentida no mundo inteiro. Ele deixou de ser visto apenas como o ator que vivia o personagem da Marvel, mas se tornou mesmo esse rei de uma nação que representava esse orgulho negro que muita gente nem sabia que possuía. No campo do imaginário, Boseman e T’Challa são um só.

Dentro dessa lógica, faz todo o sentido o legado do Pantera Negra não ser passado para sua irmã, namorada ou mesmo um amigo. Essa é uma herança que ele passa para seu povo, fazendo com que todo mundo em Wakanda carregue em si um pouco do herói.

É claro que o filme vai trazer uma figura central assumindo a liderança — toda história precisa de um protagonista, afinal, e a Disney não vai perder a oportunidade de vender bonequinho —, mas a ideia de ver a lembrança de T’Challa (e Boseman) viver em sua população (dentro e fora das telas) é algo que poderia tornar Wakanda para Sempre ainda mais emocionante.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: