Mercado abrirá em 7 h 15 min
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,94
    -0,11 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.788,50
    +3,80 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    50.287,32
    -681,59 (-1,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.299,31
    -21,97 (-1,66%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.954,91
    -28,75 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.868,62
    +413,02 (+1,45%)
     
  • NASDAQ

    16.405,75
    +87,75 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3523
    +0,0126 (+0,20%)
     

Panini Brasil anuncia volume especial com a Mulher-Hulk da fase de John Byrne

·2 min de leitura

Nesta segunda-feira (08), em sua tradicional live de começo de mês, a Panini Comics Brasil anunciou novidades de suas publicações de HQs, com o destaque sendo o lançamento do encadernado omnibus da fase de John Byrne na Mulher-Hulk, compilando todas as edições da revista Sensational She-Hulk, de 1989, e seus derivados.

Essa fase é a principal referência de caracterização da Mulher-Hulk até hoje. Antes, quando estrelava a revista solo Savage She-Hulk, no começo dos anos 1980, a heroína vivia histórias dramáticas bem típicas do universo do Hulk. Porém, essa fase de Byrne, que é uma continuação do período em que o roteirista foi responsável pelo título do Quarteto Fantástico, a situação mudou bastante, com a personagem estando totalmente confortável sobre seus poderes e sua aparência, criando um tom mais cômico para as aventuras da heroína.

Além disso, Byrne introduziu quebras da quarta parede nas edições da prima do Hulk, especialmente nas capas das revistas. É comum a Mulher Hulk, nessas ilustrações, dizer que vai rasgar a coleção X-Men do leitor caso ele não compre o próximo número, por exemplo. Lembrando que, por mais que o conceito de quarta parede tenha sido bastante popularizado pelo Deadpool, o mercenário tagarela foi criado em 1991, e não teria essa característica até 1999.

<em>Capa de Sensational She-Hulk #3. (Imagem: Divulgação/Marvel Comics)</em>
Capa de Sensational She-Hulk #3. (Imagem: Divulgação/Marvel Comics)

A publicação deste título no Brasil pela Panini aproveita a futura exposição da personagem, que terá uma série própria estrelada por Tatiana Maslany no Disney+ em 2022, entrando no hall de personagens do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU, em inglês).

O omnibus chega em janeiro, com capa dura, 752 páginas, e com preço sugerido de R$ 294,90. Porém, fica um alerta: embora edições de luxo, ominibus, por conta de seu tamanho massivo, podem ser um pouco difíceis de serem lidos confortavelmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos