Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,49
    +0,23 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.816,60
    -5,60 (-0,31%)
     
  • BTC-USD

    39.436,16
    -863,47 (-2,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    951,68
    -9,21 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.235,80
    +274,77 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.781,02
    +497,43 (+1,82%)
     
  • NASDAQ

    14.969,00
    +16,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1205
    -0,0675 (-1,09%)
     

Panasonic vende participação na Tesla por US$3,6 bi

·2 minuto de leitura
.

TÓQUIO (Reuters) - A Panasonic vendeu sua participação na fabricante de carros elétricos Tesla por cerca de 400 bilhões de ienes (3,61 bilhões de dólares) no ano fiscal encerrado em março, disse um porta-voz da empresa japonesa na sexta-feira.

A venda ocorre no momento em que o grupo que produz de secadores de cabelo bicicletas busca reduzir sua dependência da Tesla e levantar dinheiro para investir em crescimento.

O negócio de baterias da Panasonic é dominado pela Tesla, mas as empresas já tiveram um relacionamento tenso.

A Panasonic comprou 1,4 milhão de ações da Tesla por 21,15 dólares cada em 2010 por cerca de 30 milhões. Essa participação valia 730 milhões no fim de março passado, com as ações subindo quase sete vezes no período.

"O impacto dos ativos criptográficos pode ter empurrado o preço das ações da Tesla acima de seu valor intrínseco, tornando-o um bom momento para vender", disse Hideki Yasuda, analista do Ace Research Institute.

O presidente da Tesla, Elon Musk, disse em fevereiro que sua empresa comprou bitcoin e aceitaria o pagamento na criptomoeda, decisão que ele mais tarde reverteu, e seus comentários no Twitter geram oscilações no preço desses ativos.

Embora a Panasonic tenha dado apoio financeiro à Tesla quando ela era menor, a expansão da montadora significa que não há necessidade de laços de capital, acrescentou Yasuda.

A venda da participação não afetará a parceria com a Tesla, disse o porta-voz da Panasonic, e refletiu uma revisão das participações em linha com diretrizes de governança corporativa.

A Tesla fechou acordos com a LG Energy da Coreia do Sul, a unidade da LG Chem e a chinesa CATL, com a Reuters relatando que a última está planejando uma fábrica em Xangai, perto da base de produção da montadora.

A Panasonic disse no início deste ano que comprará as ações da empresa de software de cadeia de suprimentos Blue Yonder que ainda não possui, num negócio de 7,1 bilhões de dólares.

(Por Chang-Ran Kim, Tim Kelly, Sam Nussey e Shinji Kitamura)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos