Mercado abrirá em 8 h 51 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,22
    -0,43 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.789,40
    -4,00 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    60.571,36
    -2.100,87 (-3,35%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,01
    -34,14 (-2,27%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    +54,80 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    25.568,26
    -470,01 (-1,81%)
     
  • NIKKEI

    28.946,61
    -159,40 (-0,55%)
     
  • NASDAQ

    15.536,25
    -8,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4569
    +0,0028 (+0,04%)
     

Panamá quer aproveitar turismo da vacina com população imunizada

·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Com a maioria dos cidadãos com imunização completa, o Panamá planeja oferecer vacinas a visitantes estrangeiros em breve, disse o ministro do Comércio e Indústria do país.

Most Read from Bloomberg

“No mês que vem, teremos mais de 70% de nossa população com duas vacinas, e essa tem sido uma das chaves de nosso plano econômico de recuperação”, disse Ramón Martínez em entrevista à Bloomberg Television em Nova York.

“Vamos abrir para que os turistas visitem o Panamá e se vacinem, e permitir que vejam as outras maravilhas que o Panamá tem.”

A América Latina está entre as regiões mais afetadas pela pandemia, tanto em termos de mortes quanto em danos econômicos. A campanha de vacinação do Panamá teve um início lento, mas agora o país está entre os líderes regionais com 56% da população com imunização completa, de acordo com o rastreador de vacinas da Bloomberg. A proporção supera a parcela imunizada dos EUA e do Japão e é muito maior do que a maioria do países latino-americanos.

Ao contrário da maioria dos países da região, que correram para buscar vacinas onde puderam, o Panamá apostou principalmente na vacina da Pfizer-BioNTech.

O Fundo Monetário Internacional projeta expansão de 12% para a economia do Panamá em 2021, depois da queda de 17,9% da atividade econômica no ano passado, já que as medidas para combater a pandemia paralisaram o importante setor de construção.

Hotéis, restaurantes e fábricas do Panamá também foram duramente atingidos pela pandemia, enquanto empresas de serviços financeiros saíram relativamente ilesas.

O governo terá receita superior a US$ 2 bilhões com o Canal do Panamá este ano, um recorde, pois a recente expansão permite a circulação de navios maiores, disse Martínez. Apesar do aumento dos custos de transporte, o governo não tem planos de aumentar o pedágio por enquanto, disse.

Desde novembro, as três principais agências de classificação de risco rebaixaram a nota de crédito do Panamá.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos