Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.905,74
    +376,77 (+0,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,33
    -1,34 (-2,14%)
     
  • OURO

    1.793,60
    +15,20 (+0,85%)
     
  • BTC-USD

    55.626,23
    +375,84 (+0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.281,70
    +18,74 (+1,48%)
     
  • S&P500

    4.160,57
    +25,63 (+0,62%)
     
  • DOW JONES

    34.065,57
    +244,27 (+0,72%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.855,25
    +61,00 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6989
    -0,0036 (-0,05%)
     

Palmeiras pode liderar ranking da Copa do Brasil na década e se isolar em SP como maior campeão

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


Se conquistar a Copa do Brasil no próximo domingo (7), o Palmeiras liderará o ranking do torneio na década de 2011-2020. Com dois títulos neste período até o momento (2012 e 2015), o Verdão está empatado com o Cruzeiro, que triunfou em 2017 e 2018, e à frente de Athletico-PR (2019), Grêmio (2016), Atlético-MG (2014), Flamengo (2013) e Vasco (2011).

>> Dia de retornos: veja os emprestados que voltaram a ser jogadores do seu time para 2021

Além disso, em caso de volta olímpica dos mandantes no Allianz Parque, o Alviverde Imponente se isolará como o maior campeão da Copa do Brasil entre os times do estado de São Paulo, desde a criação da competição, em 1989. Atualmente, a equipe está empatada com o arquirrival Corinthians, com três títulos no geral (1998, 2012 e 2015 para o Palmeiras e 1995, 2002 e 2009 para o Alvinegro).

O ranking do estado também conta com Santo André (2004), Paulista (2005) e Santos (2010), todos com uma taça cada. São Paulo, um dos grandes da capital, nunca conquistou o troféu. Na lista nacional, o Palmeiras está ao lado de Flamengo (1990, 2006 e 2013) e Corinthians na terceira colocação, todos atrás do próprio Grêmio, que possui cinco títulos (1989, 1994, 1997, 2001 e 2016), e Cruzeiro, hexacampeão (1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018).

Para carimbar sua quarta conquista, o Verdão precisa confirmar o resultado obtido na partida de ida, na Arena do Grêmio, quando derrotou os gaúchos por 1 a 0 no último domingo (28). O jogo de volta ocorre no próximo domingo (7), às 18h, no Allianz Parque.