Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    49.693,27
    +1.187,59 (+2,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,51 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Palmeiras empata, e Santos perde antes de final da Libertadores

·3 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Palmeiras e Santos atuaram pela última vez antes do encontro que terão na decisão da Copa Libertadores, no próximo sábado (30), no Maracanã. Na noite de terça-feira (26), as duas equipes adotaram formações reservas, pelo Campeonato Brasileiro, e obtiveram resultados diferentes. No Allianz Parque, em São Paulo, o Palmeiras fez um jogo equilibrado com o Vasco e empatou por 1 a 1. No Mineirão, em Belo Horizonte, o Santos levou dois gols logo de cara e acabou perdendo por 2 a 0 para o Atlético-MG. Na capital paulista, os donos da casa pouparam até o goleiro Weverton, substituído por Jailson. Mesmo sem os titulares, adotaram um jogo de velocidade que lhes rendeu várias oportunidades no primeiro tempo. Breno Lopes aproveitou uma delas, aos 31 minutos, após bom passe de Gustavo Scarpa. Três minutos depois, no entanto, Benítez bateu com muita precisão uma desnecessária falta cometida por Felipe Melo em Cano. A bola entrou no ângulo direito. Na etapa final, o técnico Abel Ferreira tornou o time alviverde ainda mais alternativo, com a entrada de garotos como Vanderlan e Fabrício. Houve poucas chances até o apito final para que o placar voltasse a ser mexido no duelo com Vanderlei Luxemburgo, o técnico que deu início à campanha do Palmeiras na Libertadores antes de ser demitido. O confronto, válido pela primeira rodada e realizado com bastante atraso, deixou o Palmeiras com 52 pontos, em quinto lugar no Brasileiro, a dez do líder Internacional. O Vasco, 14º, chegou aos 36, quatro acima da zona de rebaixamento. Já o Santos parou nos 45 pontos, ficando na décima colocação. Usando apenas o goleiro John de sua equipe habitual, acabou sendo superado pelo Atlético-MG, que subiu para a terceira posição, com 57 pontos, e ficou a cinco da primeira. Foi a terceira derrota consecutiva do clube da Vila Belmiro, que diminuiu o ritmo no Brasileiro depois de conquistar sua vaga na final da Libertadores. Assim, a ida à edição 2021 do torneio sul-americano vai ficando cada vez mais condicionada à conquista do título contra o Palmeiras, no final de semana. Nesta terça, o time encontrou um velho conhecido em Belo Horizonte. O Atlético-MG é dirigido por Jorge Sampaoli, treinador do Santos em 2019, que soube tirar proveito da formação reserva dos visitantes. O placar foi definido muito rapidamente. Aos dois minutos do primeiro tempo, Savarino aproveitou corte ruim de Luiz Felipe e tabelou com Nathan para balançar a rede. Aos 18, Savarino voltou a aparecer na cara do gol, após ótimo passe de Keno, e fechou a contagem. * PALMEIRAS Jailson; Mayke, Kuscevic, Alan Empereur e Renan; Felipe Melo (Patrick de Paula), Gustavo Scarpa e Lucas Lima (Vanderlan); Breno Lopes (Gabriel Veron), Esteves e Gabriel Silva (Fabrício). T.: Abel Ferreira VASCO Fernando Miguel, Léo Matos (Cayo Tenório), Marcelo Alves, Ricardo Graça e Henrique; Bruno Gomes, Léo Gil (Andrey) e Benítez (Vinícius); Yago Pikachu (Carlinhos), Talles Magno (Gabriel Pec) e Germán Cano. T.: Vanderlei Luxemburgo Estádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP) Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS) Assistentes: Rafael da Silva Alves (Fifa-RS) e Michel Stanislau (RS) VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) Cartões amarelos: Kuscevic (PAL); Benítez (VAS) Gols: Breno Lopes (PAL), aos 31min, e Benítez (VAS), aos 34 min do 1ºT * ATLÉTICO-MG Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana (Igor Rabelo); Jair , Natan (Vargas) e Hyoran (Allan); Savarino, Keno (Sávio) e Eduardo Sasha (Calebe). T.: Jorge Sampaoli SANTOS John, Madson, Laércio, Luiz Felipe e Wagner Leonardo (Wellington Tim); Vinicius Balieiro, Guilherme Nunes e Jean Mota (Lucas Lourenço): Tailson (Bruno Marques), Arthur Gomes (Ivonei) e Marcos Leonardo (Renyer). T.: Cuca Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR) Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR) VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN) Cartões amarelos: Jair (CAM); Arthur Gomes (SAN) Gols: Savarino (SAN), aos 2min e aos 18min do 1ºT