Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.182,53
    -1.168,64 (-3,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Pais são mais produtivos trabalhando em casa do que pessoas sem filhos, diz estudo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Trabalhar em casa pode não afetar tanto a produtividade quanto se imaginava. Uma nova pesquisa da empresa de consultoria tecnológica Valoir revela que o trabalho em casa pode reduzir a produtividade geral do trabalhador em apenas 1%.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

A pesquisa, que entrevistou mais de 325 trabalhadores de toda a América do Norte, também mostrou que cerca de 40% dessas pessoas prefeririam continuar trabalhando em casa em vez de retornar a um escritório.

Leia também

Curiosamente, a pesquisa também detectou que pais e mães relatam uma queda menor na produtividade em relação às pessoas que não têm filhos. Os pais relataram uma queda de 2% na produtividade trabalhando em casa, em comparação com uma queda de 3% no caso dos trabalhadores sem filhos.

"Os pais tiveram uma queda de 2% em média, mas as pessoas mais afetadas foram aquelas que estavam sozinhas, sem ninguém em casa para conversar", conta Rebecca Wettemann, CEO da Valoir.

No geral, os trabalhadores entrevistados disseram que os pontos negativos das distrações em casa foram compensados pela eliminação do tempo de deslocamento. Em média, os trabalhadores afirmaram que trabalham durante aproximadamente 10 horas, começando às 8h15 e terminando por volta das 18h.

Mesmo sem as distrações do local de trabalho, as redes sociais consomem em média duas horas de produtividade de quem está trabalhando em casa.

"As distrações podem vir dos lugares mais inesperados, mas as redes sociais são as mais citadas pelas pessoas, mesmo por quem tem filhos em casa", conta Wettemann.

De acordo com a pesquisa, mesmo mantendo a produtividade em casa, os trabalhadores ainda estão preocupados com a segurança no emprego.

"Quando perguntamos qual era a maior preocupação das pessoas no geral, não apenas com o ambiente de trabalho, mais de um terço delas disseram estar preocupadas com a segurança no emprego, muito acima da preocupação em ficarem doentes ou com as condições de saúde de pessoas próximas", comenta Wettemann.

Zack Guzman

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos