Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.451,20
    +74,85 (+0,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.442,21
    +436,10 (+0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,20
    +0,05 (+0,06%)
     
  • OURO

    1.665,30
    -4,70 (-0,28%)
     
  • BTC-USD

    19.500,65
    +449,63 (+2,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    445,34
    +16,56 (+3,86%)
     
  • S&P500

    3.719,04
    +71,75 (+1,97%)
     
  • DOW JONES

    29.683,74
    +548,75 (+1,88%)
     
  • FTSE

    7.005,39
    +20,80 (+0,30%)
     
  • HANG SENG

    17.250,88
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    26.381,86
    +207,88 (+0,79%)
     
  • NASDAQ

    11.531,75
    -24,00 (-0,21%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2116
    -0,0210 (-0,40%)
     

PagSeguro supera previsões de lucro no 2º trimestre

SÃO PAULO (Reuters) - O PagSeguro superou previsões de lucro para o segundo trimestre, fortalecido por aumento da participação no mercado de adquirência e controle das despesas, o que compensou a alta do custo de captação num período de juros em elevação.

O grupo listado na Bolsa de Nova York (Nyse) informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido ajustado de 403 milhões de reais, crescimento de 17% ante mesma etapa de 2021. O número veio acima da previsão média de analistas consultados pela Refinitiv, de 367,6 milhões de reais. O lucro contábil ficou em 367 milhões de reais, acréscimo de 35% ano a ano.

O grupo de pagamentos digitais, que se apresenta como o segundo maior banco digital do país, só atrás do Nubank, afirmou ter fechado junho com 15 milhões de clientes ativos, aumento de 1,6 milhão no trimestre.

De abril a junho, o volume total de pagamentos (TPV, na sigla em inglês) atingiu 89 bilhões de reais, alta anual de 58%. No fim do segundo trimestre, o PagSeguro chegou a 10,7% do mercado de adquirência, alta de 1,5 ponto percentual.

A receita líquida do grupo entre abril e junho foi de 3,9 milhões de reais, aumento de 65% em um ano, com elevação de 62% em serviços financeiros e de 68% na adquirência.

Em junho, o PagSeguro atingiu 15,5 bilhões de reais em depósitos, aumento de 163% em 12 meses. A carteira de crédito cresceu 105% ano a ano, a 2,3 bilhões de reais.

Segundo o copresidente-executivo do PagSeguro Ricardo Dutra, devido ao cenário econômico recente mais adverso no país, com inflação e juros mais altos, a companhia tem sido mais cautelosa na concessão de novos créditos.

"95% do crédito que liberamos no segundo trimestre foi colaterizado", disse ele à Reuters, referindo-se a empréstimos em que há garantias dos tomadores, casos de produtos como crédito consignado e saque-aniversário antecipado do FGTS.

(Por Aluísio Alves)