Mercado abrirá em 9 h 3 min
  • BOVESPA

    117.560,83
    +362,83 (+0,31%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.326,68
    +480,88 (+1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,40
    -0,05 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.718,40
    -2,40 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    19.996,29
    -343,81 (-1,69%)
     
  • CMC Crypto 200

    454,97
    -8,16 (-1,76%)
     
  • S&P500

    3.744,52
    -38,76 (-1,02%)
     
  • DOW JONES

    29.926,94
    -346,93 (-1,15%)
     
  • FTSE

    6.997,27
    -55,35 (-0,78%)
     
  • HANG SENG

    17.812,75
    -199,40 (-1,11%)
     
  • NIKKEI

    27.093,73
    -217,57 (-0,80%)
     
  • NASDAQ

    11.528,75
    -13,00 (-0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1025
    -0,0110 (-0,22%)
     

PagSeguro dispara após resultado acima do esperado; Morgan Stanley vê guidance positivo

(Reuters) - As ações da PagSeguro chegaram a disparar quase 30% nesta sexta-feira, na esteira do resultado acima do esperado no segundo trimestre, com lucro líquido ajustado de 403 milhões de reais, alta de 17% ano a ano.

Por volta de 12:43, os papéis do grupo de pagamentos digitais, que são negociados na Bolsa de Nova York, avançavam 6%, a 15,95 dólares. No melhor momento, chegaram a 19,49 dólares (+29,5%), máxima intradia desde 7 de abril.

O Morgan Stanley destacou que a empresa superou expectativas para receita e que divulgou projeções positivas para lucro e receita no terceiro trimestre, sugerindo em teleconferência sobre o balanço que o 'momentum' da receita deve continuar.

A PagSeguro disse que espera receita entre 4 bilhões e 4,1 bilhões de reais no terceiro trimestre, com lucro líquido entre 400 milhões e 410 milhões de reais. A receita líquida entre abril e junho foi de 3,9 bilhões de reais, aumento de 65%.

Os analistas do Morgan Stanley destacaram como pontos negativos o fato de que o guidance implica contração sequencial na margem líquida, enquanto o número de adições líquidas ficou abaixo do esperado no mercado no segundo trimestre.

O Itaú BBA também avaliou positivamente o balanço, afirmando que foi um segundo trimestre "bem executado", mas considerou as projeções para o terceiro trimestre modestas, sinalizando uma desaceleração, embora ainda forte e acima das projeções.

Do setor, Cielo subia 1%, a 5,85 reais, enquanto StoneCo, listada na Nasdaq, perdia 4,2%.

(Por Paula Arend Laier)