Mercado fechado

Planejamento tributário: como pagar menos impostos dentro da lei

Planejamento é a chave para pagar menos impostos sem burlar a legislação (Getty Images)

A reforma tributária deverá ser o tema mais importante dos próximos meses no Congresso Nacional. E os desdobramentos dessas mudanças afetarão diretamente o caixa das empresas brasileiras. Até o primeiro semestre de 2019, os brasileiros já tinham contribuído com mais de R$ 1 trilhão em forma de imposto, ou o equivalente a pouco mais de três meses de dias trabalhados ao longo do ano.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Os dados do Impostômetro, recurso mantido pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), que mostra estatisticamente os valores arrecadados dos cidadãos.

Leia também

Simplificação dos impostos

O principal objetivo das propostas que estão no Congresso Nacional é a simplificação do recolhimento de impostos para reduzir os custos das empresas. Hoje, são inúmeros os impostos, taxas e contribuições cobrados por municípios, estados e União: PIS/Pasep, ICMS, Cofins, Cosip, Imposto de Renda, INSS, IOF, IPI, IPTU, IPVA ITBI, entre outros.

Planejamento tributário permite pagar menos impostos dentro da legislação

Atualmente, o excesso de burocracia e de impostos afeta diretamente o cotidiano dos empresários. Entretanto, existe uma ferramenta que auxilia o empreendedor a tomar as atitudes corretas, em momentos oportunos, para que a saúde financeira da companhia seja mantida, mesmo diante da crise, principalmente nas questões tributárias. O planejamento tributário, em outras palavras, ajuda o empreendedor a pagar menos impostos dentro da legislação.

E nesse emaranhado de impostos, o contribuinte precisa realizar uma verdadeira maratona fiscal para fechar as conta do mês. A advogada Mayara Mariano, especialista em Direito Tributário e sócia do Mariano Santana Sociedade de Advogados afirma que “elaborar um planejamento representa um aumento de competitividade no mercado onde a empresa atua, além de trazer um fôlego diante da elevada carga tributária que assola a produção e o consumo de bens e serviços do país”.

Itens mais importantes do planejamento tributário

Auxilia na organização da empresa

O planejamento tributário busca, dentro do contexto empresarial, organizar as obrigações fiscais, de modo a adequar a realidade da empresa ao pagamento de tributos.

Ajuda a pagar menos impostos

Através do planejamento tributário empresarial, é possível a empresa gerir e estrategicamente estudar de forma personalizada e legal de redução da carga tributária, através da redução de alíquotas e no enquadramento societário ideal para a empresa.

Identifica o regime tributário correto

De acordo com o perfil e porte da empresa, é possível encontrar o regime tributário e condições fiscais mais favoráveis ao contribuinte.

Ajuda na metas das empresas

O planejamento tributário obedece estrategicamente um cronograma bem como é aliado aos objetivos e metas da empresa.

Abre oportunidades para as empresas

Por intermédio do planejamento tributário é possível identificar os problemas e oportunidades, cujo objetivo é a melhoria da gestão tributária segundo as especificidades e particularidades da empresa.