Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.132,20 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,62 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.573,75
    +1.467,90 (+4,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,24 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +76,96 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,12 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    -0,0485 (-0,75%)
     

Eduardo Paes tem mais dois secretários confirmados

Luiz Ernesto Magalhães
·1 minuto de leitura
Foto: Gabriel de Paiva / Agência O Globo

RIO - Eduardo Paes tem mais dois secretários confirmados para sua gestão como prefeito do Rio a partir de 2021. O deputado estadual Chicão Bulhões, do Novo, vai liderar a secretaria de Desenvolvimento Econômico. Vinicius Cordeiro, presidente regional do Avante, assumirá a pasta de Proteção e Defesa dos Animais.

Vinicius Cordeiro, que foi candidato a vereador nas últimas eleições, já ocupou o cargo na segunda passagem de Paes na prefeitura (2015-2016) e era um nome defendido por entidades e protetores ligados à causa. Ele, inclusive, fez campanha ao lado de Paes junto a protetores. Um nome que chegou a circular como possível ocupante do cargo foi do vereador reeleito Luiz Carlos Ramos Filho (PMN), que já ocupou o cargo no governo do atual prefeito Marcelo Crivella. Mas essa conexão com a gestão atual pesou contra.

No caso de Bulhões, como o Novo decidiu que não vai participar do governo, o deputado decidiu renunciar ao mandato no último dia 31. Ele divulgou uma carta e um vídeo nos quais explica a sua decisão.

"Não posso deixar de cumprir a missão que me trouxe até aqui. Acredito ser útil para gerar impacto na política do Rio", justificou Bulhoes.

A pasta de Chicão será nova na estrutura da prefeitura. Além de Chicão, outros políticos com mandato já foram confirmados com cargos no alto escalão. O deputado estadual Renan Ferreirinha (PSB) vai para a secretaria de Educação, o deputado federal Pedro Paulo (DEM) será secretário de Fazenda e Planejamento, e a vereadora Laura Carneiro (DEM) aceitou o convite para comandar a Assistência Social.