Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,85
    -0,28 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.777,60
    -2,60 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    56.945,84
    -3.442,95 (-5,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.290,35
    -101,36 (-7,28%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.893,04
    -76,67 (-0,26%)
     
  • NIKKEI

    29.613,87
    -69,50 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    14.011,25
    -18,25 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6643
    -0,0218 (-0,33%)
     

Paes limita horário de bares e fecha comércio da orla por uma semana

Luiz Ernesto Magalhães
·2 minuto de leitura

Em decreto publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial, o prefeito Eduardo Paes define medidas de restrição a atividades comerciais e circulação de pessoas na cidade por uma semana — entre esta sexta-feira, dia 5, e a próxima quinta-feira, dia 11 — para tentar reduzir aglomerações e, também, visando a conter o avanço do coronavírus.

Entre as principais medidas estão a proibição de todo comércio na praia — ambulantes e quiosques — e de funcionamento de boates, casas de shows e similares. Haverá limitação de horário ainda para bares e restaurantes, inclusive no interior de shoppings, e para o comércio e outras atividades em geral, que só vão poder funcionar das 6h às 20h, limitados a 40% da capacidade.

Leia também

Confira as medidas:

Proíbe permanência de pessoas em áreas públicas e praças das 23h às 5h;

Veda qualquer atividade comercial e de serviços na praia e na orla, incluindo quiosques, ambulantes e barraqueiros;

Proíbe eventos, festas ou qualquer outro tipo de atividade em áreas públicas e particulares, incluindo rodas de samba;

Boates, casas de espetáculos e similares também não vai poder abrirAs restrições também valem para feirantes e feiras de ambulantesHorário de funcionamento de bares, restaurantes e similares de forma presencial fica restrito das 6h às 17h, com lotação limitada a 40% da capacidade. A norma vale para serviços de rua e shoppings;

As demais atividades podem abrir para atendimento presencial das 6h às 20h, com capacidade limitada a 40%;

As restrições não se aplicam a serviços de saúde, farmácias, postos de combustíveis, cadeia de abastecimento e logística, transportes, entrega em domicilio e trabalhadores de atividades que não podem ser paralisadas

Interdição e multa

O decreto estabelece ainda que as autoridades podem determinar a interdição imediata de estabelecimentos. Pessoas físicas podem ser multadas em R$ 566,42. A fiscalização será da Secretaria de Ordem Pública (Seop), Guarda Municipal e Vigilância Sanitária.