Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,21 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    -0,14 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    41.011,88
    -730,62 (-1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,03 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,27 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,81 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    +10,75 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1856
    +0,1451 (+2,40%)
     

Paes critica pessoas que 'repetiram primeira dose' com vacina diferente: 'Isso é crime, é fraude'

·1 minuto de leitura

RIO — Insatisfeitas com a fórmula que receberam na primeira dose da vacina contra a Covid-19, pelo menos 16 pessoas em todo o Rio repetiram a injeção inicial com uma vacina de outro fabricante. O prefeito Eduardo Paes criticou um fenômeno que chamou de "sommeliers de vacina". Segundo ele, aqueles que repetiram a primeira dose conseguiram fazê-lo valendo-se da repescagem. Foram ao posto sem a caderneta da segunda dose e, escondendo que já tinham tomado a primeira, conseguiram uma nova injeção inicial. "Isso é crime, é fraude", afirmou.

— Isso é crime, é fraude. Recebi da Secretaria de Saúde e de pessoas próximas a informação de que havia muita gente fazendo isso. Não quis acreditar — disse Paes durante a divulgação divulgação do 25° boletim epidemiológico da cidade, nesta sexta-feira. — Estamos inaugurando uma atividade nova no Brasil, o sommelier de vacina. Temos um sem-fim de autoridades sanitárias sérias afirmando e reafirmando que todas as vacinas funcionam bem. A melhor vacina é a que vai no nosso braço.

A partir dos cadastros da Secretaria municipal de Saúde (SMS) e de informações recebidas pela prefeitura, 16 repetentes da primeira dose foram identificados. Os dados serão encaminhados ao Ministério Público e à polícia.

O prefeito também anunciou que fará um levantamento dos dados de vacinação na cidade em busca de mais repetentes:

— Não é nenhuma ameaça, porque a vacina é um momento de alegria. Mas nós temos todos os registros de todo mundo que se vacina: CPF, identidade... Esses dados são e serão cruzados para que a gente consiga identificar esse tipo de coisa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos