Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +413,26 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,39 (-0,61%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +10,50 (+0,59%)
     
  • BTC-USD

    61.186,74
    +390,16 (+0,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,68 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,57 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,68 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    +10,00 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6872
    -0,0339 (-0,50%)
     

Paciência dos EUA com Irã para retomar negociações por pacto nuclear "não é ilimitada"

·1 minuto de leitura
Porta-voz do Departamento de Estado norte-americano Ned Price

WASHINGTON (Reuters) - A paciência dos Estados Unidos com o Irã para voltar às discussões sobre o acordo nuclear de 2015 não é ilimitada, afirmou o porta-voz do Departamento de Estado norte-americano Ned Price nesta quarta-feira.

O Irã ainda não respondeu formalmente a uma proposta feita na semana passada pelos EUA para conversar com o Irã em uma reunião conjunta com os países que negociaram o acordo.

Perguntado em um pronunciamento à imprensa se haveria uma data de vencimento para a proposta, Price disse que as medidas do Irã que o afastam do cumprimento das restrições a atividades nucleares estipuladas pelo acordo de 2015 tornaram a questão um "desafio urgente" para os Estados Unidos.

"Nossa paciência não é ilimitada, mas acreditamos, e o presidente tem sido claro nisso (...) que a maneira mais eficiente de garantir que o Irã nunca possa adquirir uma arma nuclear é através da diplomacia", afirmou Price.

(Reportagem de Humeyra Pamuk, Daphne Psaledakis e Simon Lewis)