Mercado abrirá em 3 h 49 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.839,20
    -3,40 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    39.202,76
    -2.806,68 (-6,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    926,08
    -69,18 (-6,95%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    24.907,14
    -45,21 (-0,18%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.758,00
    -83,00 (-0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1058
    -0,0243 (-0,40%)
     

"Pacarrete" leva 8 troféus e é destaque no 20º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro; confira os vencedores

·3 min de leitura
Grande Prêmio do Cinema Brasileiro

Foram anunciados neste domingo (28) os vencedores do 20º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, a maior premiação do setor no país, realizada anualmente pela Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais. O destaque da noite foi o longa "Pacarrete", primeiro de Allan Deberton na direção, que levou oito troféus Grande Otelo para casa, incluindo o de Melhor Filme do Júri Popular.A produção concorria em 15 categorias, assim como o longa "Boca de Ouro", de Daniel Filho.

"A febre", de Maya Da-Rin, ganhou o prêmio de Melhor Longa-Metragem de Ficção, enquanto a temporada especial de "Sob Pressão – Plantão Covid" levou a categoria de Melhor Série Ficção TV Aberta. O grande homenageado da noite foi Ruy Guerra, cineasta, poeta e compositor moçambicano radicado no Brasil, que completou 90 anos em 2021.

Pelo segundo ano consecutivo, a cerimônia aconteceu de forma remota, com apresentação das jornalistas Adriana Couto e Renata Boldrini. No total, foram anunciados 32 prêmios.

Confira lista completa de vencedores:

Melhor Longa-Metragem Ficção:

"A febre", De Maya Da-Rin.

Melhor Direção:

Jeferson De, Por M8 – "Quando a morte socorre a vida"

Melhor Longa-Metragem Comédia:

"Pacarrete", De Allan Deberton

Melhor Ator:

Marcos Palmeira, como Boca De Ouro, por "Boca De Ouro" (de Daniel Filho)

Melhor Atriz:

Marcélia Cartaxo, como Pacarrete, por "Pacarrete"

Melhor Ator Coadjuvante:

João Miguel, como Miguel, por "Pacarrete"

Melhor Atriz Coadjuvante:

Hermila Guedes, como Cosma e Damiana, por "Fim De Festa" (de Hilton Lacerda).

Melhor Longa-Metragem Documentário:

"Babenco: Alguém Tem Que Ouvir O Coração E Dizer: Parou", de Bárbara Paz.

Melhor Filme Pelo Voto Popular:

"Pacarrete", de Allan Deberton.

Melhor Filme Internacional:

"Jojo Rabbit", de Taika Waititi (Eua)

Melhor Filme Ibero-Americano:

"O Roubo Do Século", Ariel Winograd (Argentina)

Melhor Longa-Metragem Animação:

"Os Under-Undergrounds, O Começo", de Nelson Botter Jr.

Melhor Primeira Direção De Longa-Metragem:

Bárbara Paz, por "Babenco: Alguém Tem Que Ouvir O Coração E Dizer: Parou"

Melhor Som:

Rodrigo Ferrante, Miriam Biderman, bc e Ricardo Reis, Abc, por "Babenco: Alguém Tem Que Ouvir O Coração E Dizer: Parou"

Melhor Montagem Ficção:

Karen Akerman, por "A Febre"

Melhor Montagem Documentário:

Cao Guimarães e Bárbara Paz, por "Babenco: Alguém Tem Que Ouvir O Coração E Dizer: Parou"

Melhor Roteiro Original:

Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro, por "Pacarrete"

Melhor Roteiro Adaptado:

Jeferson De E Felipe Sholl – Adaptado da Obra "M8: Quando A Morte Socorre A Vida", De Salomão Polakiewicz, por "M8 – Quando A Morte Socorre A Vida" (De Jeferson De).

Melhor Curta-Metragem Ficção:

"República", de Grace Passô

Melhor Curta-Metragem Documentário:

"Filhas De Lavadeiras", de Edileuza Penha De Souza.

Melhor Curta-Metragem Animação:

"Subsolo", de Erica Maradona e Otto Guerra.

Melhor Direção De Fotografia:

Barbara Alvarez, por "A Febre"

Melhor Maquiagem:

Tayce Vale, por "Pacarrete"

Melhor Figurino:

Kika Lopes, por "Boca De Ouro"

Melhor Efeito Visual:

Marcelo Siqueira, Abc, por "A Divisão – O Filme" (de Vicente Amorim).

Melhor Direção De Arte:

Rodrigo Frota, por "Pacarrete"

Melhor Série Documentário Tv Paga/ Ott:

"Milton e o clube da esquina" – 1ª Temporada (Canal Brasil). Direção Geral: Vitor Mafra.

Melhor Longa-Metragem Infantil:

"10 horas para o natal", de Cris D’amato.

Melhor Série Animação Tv Paga/ Ott:

"Rocky & Hudson: Os Caubóis Gays" – 1ª Temporada (Canal Brasil). Direção Geral: Erica Maradona.

Melhor Série Ficção Tv Aberta:

"Sob pressão – Plantão Covid" - Temporada Especial (Tv Globo). Direção Geral: Andrucha Waddington.

Melhor Série Ficção Tv Paga/ Ott:

"Bom dia, Verônica" – 1ª Temporada (Netflix). Direção Geral: José Henrique Fonseca.

Melhor Trilha Sonora:

Fred Silveira, por "Pacarrete"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos