Países de Ásia e Oceania começarão a negociar TLC em 2013

Phnom Penh, 20 nov (EFE).- Os chefes de Estado ou de Governo de 16 nações da Ásia e Oceania começarão a negociar um tratado de livre-comércio (TLC) em 2013, anunciou nesta terça-feira a Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) durante a Cúpula da Ásia Oriental, realizada em Phnom Penh.

A iniciativa envolve Austrália, China, Coreia do Sul, Índia, Japão, Nova Zelândia e os membros da Asean, que são Mianmar, Brunei, Camboja, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Cingapura, Tailândia e Vietnã.

"Com uma região que representa mais da metade do mercado mundial e mais de um terço da produção econômica mundial, não há dúvida alguma de que a obtenção de um tratado de livre-comércio incentivará significativamente o comércio e o investimento global", destacou o secretário-geral da Asean, Surin Pitsuwan, que não revelou uma data para a conclusão do processo.

Os países envolvidos nas negociações têm uma população combinada de 3 bilhões de habitantes e um Produto Interno Bruto conjunto de US$ 19,78 trilhões, segundo dados de 2011 da Asean.

As negociações contam com a vantagem de que todas essas nações negociam ou já fizeram acordos similares entre elas.

A Cúpula da Ásia Oriental foi realizada hoje em Phnom Penh com a presença do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e em meio à discórdia entre China, Japão e outras nações que disputam a soberania de determinadas áreas do Mar da China. EFE

Carregando...