Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.979,96
    +42,09 (+0,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.789,31
    +417,33 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,85
    -0,64 (-0,98%)
     
  • OURO

    1.868,30
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    41.185,48
    -3.619,44 (-8,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.151,74
    -101,41 (-8,09%)
     
  • S&P500

    4.127,83
    -35,46 (-0,85%)
     
  • DOW JONES

    34.060,66
    -267,13 (-0,78%)
     
  • FTSE

    7.034,24
    +1,39 (+0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.032,02
    -374,82 (-1,32%)
     
  • NASDAQ

    13.190,25
    -21,75 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4290
    -0,0011 (-0,02%)
     

País com maior taxa de imunização do mundo retoma restrições

Kamlesh Bhuckory e Antony Sguazzin
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Seychelles, com a maior porcentagem da população totalmente imunizada contra a Covid-19 do que qualquer outro país, fechou escolas e cancelou atividades esportivas por duas semanas devido ao aumento dos casos.

Apesar das medidas, que incluem a proibição do encontro de famílias não conviventes e fechamento mais cedo de bares, o país já imunizou mais de 60% da população adulta com duas doses de vacinas contra o coronavírus. As restrições são semelhantes às impostas pela última vez no final de 2020.

“Apesar de todos os esforços excepcionais que estamos fazendo, a situação da Covid-19 em nosso país é crítica agora, com muitos casos diários registrados na semana passada”, disse Peggy Vidot, ministra da Saúde do país, em conferência de imprensa na terça-feira.

O arquipélago do Oceano Índico, com população de cerca de 98 mil habitantes, depende do turismo para grande parte das divisas e agiu rapidamente para iniciar a vacinação em janeiro, usando a doação de vacinas chinesas dos Emirados Árabes Unidos. Desde então, adquiriu outros imunizantes.

Até 12 de abril, 59% das doses administradas eram vacinas da Sinopharm e o resto da Covishield, uma versão do imunizante da AstraZeneca produzido sob licença na Índia.

Até o momento, 62,2% da população elegível foi totalmente vacinada, de acordo com o rastreador de vacinas da Bloomberg. A porcentagem se compara a 55,9% de Israel, o país com a segunda maior taxa de imunização total.

Na entrevista coletiva, autoridades deram poucos detalhes sobre o que poderia estar por trás do aumento dos casos, mas disseram que as pessoas estavam tomando menos precauções contra o coronavírus do que antes e que o avanço pode estar relacionado às comemorações após a Páscoa.

O número de casos ativos no país subiu para 1.068 em 3 de maio em relação a 612 em 28 de abril, segundo dados do Ministério da Saúde.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.