Mercado fechado

S&P eleva rating da Gol de "CCC-" para "CCC+"

·1 minuto de leitura
.
.

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco S&P elevou nesta sexta-feira o rating de crédito atribuído à Gol, após a companhia aérea ter pago uma dívida de 300 milhões de dólares.

"Acreditamos que a Gol não possua nenhuma outra amortização significativa de dívida nos próximos meses, o que dissipou os riscos iminentes de estresse de liquidez", afirmou a S&P no relatório, citando ainda o fato da companhia aérea ter cerca de 1 bilhão de reais em caixa disponível e investimentos de curto prazo em 31 de agosto.

A posição de liquidez melhora para 2,1 bilhões de reais, incluindo caixa restrito e recebíveis. Além disso, a empresa mantém ativos não onerados para captar liquidez adicional de cerca de 1 bilhão de reais, diz o documento.

Por outro lado, a S&P alertou que a Gol tem vencimentos de dívidas de quase 2,6 bilhões de reais nos próximos quatro trimestres, mas parte considerável deles é composta por capital de giro e linhas de crédito à importação, que são roladas em base regular.

Apesar do impacto sem precedentes nas receitas, disse a S&P referindo-se aos efeitos da pandemia da Covid-19, "acreditamos que a empresa mostrou flexibilidade considerável em seus custos e operações, ajustando a capacidade à demanda de forma eficiente, e chegou a acordos favoráveis com locadores de aeronaves, fornecedores e sindicatos trabalhistas, contendo a queima de caixa".

(Por Aluisio Alves)