Mercado abrirá em 27 mins

S&P 500 e Dow Jones fecham em baixa em sessão volátil após duras projeções do Fed

Por Caroline Valetkevitch
.

Por Caroline Valetkevitch

(Reuters) - Os índices Dow Jones e o S&P 500 encerraram em queda em uma volátil sessão nesta quarta-feira, depois de o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) assegurar a investidores apoio à economia, mas projetar declínio de 6,5% no Produto Interno Bruto (PIB) deste ano.

O Nasdaq, auxiliado por ganhos de Microsoft e Apple, conseguiu manter boa parte da alta e registrou máxima recorde de fechamento pela terceira sessão consecutiva.

Em seu mais recente comunicado de política monetária, o Fed também previu uma taxa de desemprego de 9,3% ao fim do ano, e as autoridades previram juro básico próximo de zero até 2022.

O S&P 500 e o Dow oscilaram entre ganhos e perdas após a divulgação do comunicado, que incluiu as primeiras projeções do Fed para a economia desde o início do surto do coronavírus e foi seguido por declarações do chair do Fed, Jerome Powell.

"As projeções para o PIB e para o desemprego são as que vão melhorar lentamente a partir deste momento, mas ambos os indicadores vão demorar um pouco para voltar", disse Tom Martin, gestor sênior de portfólio da Globalt em Atlanta.

O índice S&P das ações bancárias, que tende a se beneficiar com aumento das taxas de juros, recuou 5,8%, maior queda percentual diária desde 15 de abril, e o índice financeiro do S&P 500 foi o maior obstáculo para o índice de referência.

O Dow Jones recuou 1,04%, para 26.989,99 pontos, o S&P 500 perdeu 0,53%, para 3.190,14 pontos e o Nasdaq valorizou 0,67%, para 10.020,35 pontos.

Na mínima intradiária antes da divulgação do comunicado do Fed, o S&P 500 caiu 0,8%.

(Reportagem adicional de Stephen Culp e Sinead Carew)