Mercado abrirá em 9 h 27 min
  • BOVESPA

    106.667,66
    +293,79 (+0,28%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.232,20
    -741,07 (-1,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,98
    +1,55 (+1,81%)
     
  • OURO

    1.812,70
    +0,30 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    42.418,69
    +202,47 (+0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.010,88
    +1,49 (+0,15%)
     
  • S&P500

    4.577,11
    -85,74 (-1,84%)
     
  • DOW JONES

    35.368,47
    -543,34 (-1,51%)
     
  • FTSE

    7.563,55
    -47,68 (-0,63%)
     
  • HANG SENG

    24.261,40
    +148,62 (+0,62%)
     
  • NIKKEI

    27.760,09
    -497,16 (-1,76%)
     
  • NASDAQ

    15.195,00
    -11,00 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3113
    +0,0042 (+0,07%)
     

S&P 500 fecha em máxima por alta de vendas no varejo

·1 min de leitura

Por Echo Wang

(Reuters) - O índice S&P 500 fechou em máxima recorde nesta segunda-feira, a quarta sessão consecutiva de ganhos. O movimento foi impulsionado por vendas no varejo que ressaltaram a força da economia dos EUA e diminuíram preocupações com os cancelamentos de voos causados pela variante Ômicron.

O rali é o mais longo desde uma sequência de oito dias que terminou em 8 de novembro.

De acordo com dados preliminares, o S&P 500 ganhou 1,39%, para 4.791,00 pontos. O Nasdaq Composite avançou 1,38%, para 15.869,90 pontos. O Dow Jones subiu 0,98%, para 36.301,19 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos