Mercado fechado

S&P 500 fecha em leve queda após máximas recentes

Por Chuck Mikolajczak

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 recuou nesta terça-feira, com investidores colocando o pé no freio após um rali impulsionado por expectativas de um acordo comercial entre Estados Unidos e China, que havia levado os três principais índices acionários norte-americanos a máximas recordes na sessão anterior.

A China está pressionando o presidente dos EUA, Donald Trump, a remover mais tarifas como parte da "fase um" de um acordo comercial que pode ser assinado este mês, segundo o mais recente noticiário.

"O mercado está nas máximas históricas, as pessoas estão ficando um pouco nervosas com o acordo", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos do Inverness Counsel, em Nova York.

O setor financeiro subiu 0,42%, com os rendimentos dos Treasuries alcançando máximas em seis semanas. Ações do segmento de energia tiveram alta de 0,45%, com o petróleo se valorizando mais de 1%. O setor imobiliário, sensível às taxas de juros, perdeu 1,76%.

O Dow Jones subiu 0,11%, a 27.492,63 pontos. O S&P 500 perdeu 0,12%, a 3.074,62 pontos. E o Nasdaq Composto teve variação positiva de 0,02%, aos 8.434,68 pontos.